Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Professores divulgam Carta com repúdio a demissões e apontam risco de desmonte na FAMEMA


Professores da Faculdade de Medicina e Enfermagem de Marília (FAMEMA) divulgaram uma Carta onde manifestam "rejeição diante das demissões ocorridas e das que estão por vir, assim como, da proposta de substituição por profissionais temporários". Também anunciam que estão "à disposição para uma mobilização política para colaborar com a nossa gestão para reverter esse quadro". As demissões ocorreram recentemente.

Os docentes citam ainda que "demissão destes profissionais compromete todo projeto institucional e provocará um desmonte do projeto pedagógico implementado pela FAMEMA".


ÍNTEGRA DA CARTA

Carta dos Docentes da Graduação da FAMEMA aos envolvidos no processo de demissão dos Assistentes de Ensino/Docentes da FAMEMA ocorrido em 30 de novembro de 2021


Em 30 de novembro de 2021 houve um Processo que deflagrou a demissão de seis profissionais, na função de assistentes de ensino e docentes da FAMEMA.

Cabe dizer que desde a estadualização em 1994, a FAMEMA vem passando por percalços frente a sua estrutura, o que tem gerado muitos contratempos. Neste período, teve que se manter também com organizações de duas fundações FUMES e FAMAR e, nos últimos tempos houve a separação em duas autarquias: FAMEMA e HC-FAMEMA. O HC-FAMEMA é gerido pela Secretaria de Saúde e a FAMEMA pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Ao longo do tempo, isto gerou certa sensação de orfandade e com consequentes problemas estruturais, organizacionais e, de identidade. Apesar disso tudo, a FAMEMA nota 5 no último ENADE, para seus dois cursos, vem se mantendo e a todo momento, tendo que re(negociar) possibilidades de desenvolvimento. Assim, ao longo de anos, tendo sido a primeira instituição de ensino superior do Brasil a implantar a metodologia ativa em seus cursos, vem constantemente fazendo investimentos no ensino, pesquisa e extensão. Nos últimos anos vem tentando regularizações, mas tem se deparado com vários entraves e exigido muita perseverança para seguir com sua missão de “Formar estudantes de graduação e pós-graduação em ciências da saúde, por método ativo, orientado para o interesse público e para o exercício profissional humanizado com responsabilidade social”.

Assim, os profissionais e instituições que tomaram a decisão de demissão, a princípio desses seis professores e, com uma demanda de mais de cinquenta outros funcionários de diversas áreas profissionais, talvez não conheçam a realidade da FAMEMA.

Desta maneira, gostaríamos de ressaltar o papel dos professores da FAMEMA, só para dimensionar este contexto. Os professores da FAMEMA vêm assumindo o desafio de desenvolver um currículo integrado com a utilização metodologias ativas que contempla não só o conhecimento cognitivo, mas também os recursos afetivos e psicomotores com o propósito de formar profissionais preparados para oferecer uma assistência à saúde integral e humanizada.

Para tanto, em 1997 no curso de medicina e em 1998 no curso de enfermagem, com o compromisso de ser pioneira na utilização de novas metodologias, que atualmente constam das Diretrizes Curriculares dos Cursos de Medicina e de Enfermagem, os professores têm priorizado um currículo de excelência, com processos de capacitação e cuidado nas relações estabelecidas entre profissionais e destes, com as pessoas. Com isto, a FAMEMA vem servindo como modelo para outras instituições de ensino em saúde e garantindo notas elevadas no ENADE.

Assim, esclarecemos que dos 6 (seis) professores demitidos, 5 (cinco) trabalhavam na Unidade de Prática Profissional, mais especificamente, nos Laboratórios de Práticas Profissionais (LPP), que preconiza o ensino em aspectos éticos e pautado em habilidades cognitivas, psicomotoras e afetivas, que possibilitam o processo de ensino-aprendizagem de semiologia e comunicação, alicerce da formação em saúde; Núcleo de Desenvolvimento Docente (NDD) que proporciona a formação reflexiva e constante do docente a partir da sua prática. Além disso realizavam orientação de trabalhos científicos tanto em Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) como de iniciação cientifica, contribuindo com o desenvolvimento da pesquisa nessa instituição. Além disso, alguns deles também, integravam a Residência Multiprofissional, o NDE (Núcleo Docente Estruturante), a Comissão de Extensão, o Mestrado Profissional e Acadêmico.

O sexto professor, trabalhava em Unidade Educacional Sistematizada contribuindo com sua área de conhecimento, na construção de série e especificamente, com situações – problema para o desenvolvimento do conhecimento cognitivo, apresentação de conferências, consultorias, elaboração e correção de questões de Exercício de Aprendizagem Cognitiva (EAC), além de participar ativamente do processo de Iniciação Cientifica da FAMEMA.

Neste mundo cada dia mais individualizado, despertar nos estudantes da área da saúde, dos cuidados humanos, sentimentos de empatia e de compaixão, é um desafio constante e que requer atualizações, aprimoramentos, pois a construção se dá ao longo dos seis anos de medicina e quatro de enfermagem. Trabalhamos para uma mudança de paradigma, onde as pessoas possam ser cuidadas em sua integralidade.

Os profissionais demitidos investiram nesta construção, e apresentavam especialidade e competência, paixão por participar ativamente no processo de ensino aprendizagem, compartilhar, acolher estudantes, colegas e pessoas, priorizando sempre a qualidade das relações.

Nesta demissão, esses profissionais foram reduzidos a números de uma lista da FAMAR, sem que se pudesse dar dignidade ao desenvolvimento de seus trabalhos.

A demissão destes profissionais compromete todo esse projeto institucional e provocará um desmonte do projeto pedagógico implementado pela FAMEMA. De um lado, mesmo que prestem e passem no processo seletivo proposto, estão vindo de sobrecargas causadas pelo tempo de pandemia e quase sem possibilidades de férias, terão que ativar suas energias para o desenvolvimento de um novo ano letivo. Além disso, com ciência de que passarão um ano e terão que refazer o processo seletivo. Por outro lado, considerando que a proposta de substituir esses professores por profissionais em regime temporário não se sustenta, já que, no período de um ano seria impossível capacitá-los a contento para assumir os espaços deixados por esses professores. Essa proposta de contratação pode ser útil para instituições de ensino que utilizam metodologia tradicional e não para instituições com o propósito que assumimos.

Quis o acaso, a fortuna, a sorte que esta plêiade escolhesse nossos cursos para trabalhar e crescer dia a dia, empoderar a qualidade de todos os demais participantes reais nas atividades acadêmicas. Diante disso, entendemos que esses profissionais demitidos e os que vierem a ser demitidos não podem ser vistos como meros números da FAMAR, descartados para atender uma necessidade burocrática.

Dessa vez foram seis docentes, partes essenciais, indispensáveis, inerentes a metodologia que a FAMEMA optou e tanto se orgulha. Da mesma forma adiantamos nossa preocupação em relação a lista da FAMAR, com mais de cinquenta profissionais a serem demitidos

Contamos com a competência política dos nossos gestores para que nos defenda, nos abrace neste caminho, como arduamente temos abraçado a FAMEMA, mostrando aos técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, todo o modus operandi dos nossos cursos e tudo que está envolvido nesse processo de ensino aprendizagem e na manutenção de uma Instituição de Ensino Superior que tem se esforçado para manter excelência em ensino, pesquisa e extensão, recorrendo a princípios e ousadia para que se encontre uma reversão deste quadro nefasto.

Desta forma, enquanto assistentes de ensino e docentes da FAMEMA, firmamos a nossa rejeição diante das demissões ocorridas e das que estão por vir, assim como, da proposta de substituição por profissionais temporários e nos colocamos a disposição para uma mobilização política para colaborar com a nossa gestão para reverter esse quadro.

Marília, 14 de dezembro de 2021.

Docentes e Assistentes de Ensino dos cursos de graduação da Famema.




153 visualizações0 comentário