top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Rapaz preso oferecia dinheiro, ameaçava e estuprava crianças e adolescentes em casa abandonada


Um jovem de 22 anos foi preso temporariamente suspeito de estuprar e aliciar ao menos sete pessoas, entre crianças e adolescentes, em Garça. A prisão, pelo período de 30 dias, foi efetuada nesta quarta-feira (8) após a Justiça emitir um mandado na segunda-feira (6).

Segundo a Polícia Civil, o jovem praticava o abuso com as crianças e adolescentes em uma casa abandonada.

Em janeiro deste ano, a mãe de um adolescente de 15 anos relatou à polícia que o menino foi com a irmã, de 9 anos, até uma quadra esportiva em uma escola municipal para brincar. Ao retornar para a casa, a filha estava assustada e confessou que o criminoso a levou com os colegas até a casa próxima à escola onde praticou o abuso sexual, ofereceu R$ 20 para as vítimas e as ameaçou de morte caso contassem para os pais. Na ocasião, a polícia requisitou exame de corpo de delito para a menina. As outras crianças, de 7, 8 e 12 anos e outro adolescente de 15 anos também foram identificados como vítimas do criminoso. Há ainda outra criança, do sexo masculino, que não foi identificada pela polícia. A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o caso, registrado como estupro de vulnerável. As mães das crianças devem prestar depoimento na delegacia. A investigação do caso é conduzida pela delegada Renata Yumi Ono. O jovem passou por audiência de custódia e foi encaminhado à Cadeia Pública de São Pedro do Turvo (SP).




210 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page