Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Rapaz que executou adolescente na Zona Oeste de Marília se apresentou na DIG, hoje


O assassino do adolescente Gleidson Gabriel de Souza, de 15 anos, executado com um tiro na cabeça por volta das 18h de domingo (2), no Bairro Argolo Ferrão, na Zona Oeste de Marília, se apresentou na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Marília, nesta terça-feira (4).

Ele indicou o local onde a arma foi escondida, a qual foi apreendida. Trata-se de uma garrucha, com capacidade para dois tiros, que estava com um cartucho deflagrado. Será encaminhada para perícia para eventual confronto balístico.

O autor do crime, identificado como Marcelo Júnior Machioni de Souza Chaves, de 18 anos, foi interrogado e confessou a autoria do crime. Alegou porém, que o tiro foi acidental.

Disse que detinha a posse de uma arma de fogo (a garrucha em questão), de propriedade de outra pessoa (não revelou o nome do dono da arma), sendo que iria devolver a arma para o proprietário, para quem guardou em troca de algumas porções de maconha.

Ao se dirigir na posse da arma para “devolvê-la” avistou a ex-amásia abraçada com a vítima. Iniciou-se uma discussão, quando ele teria sido empurrado pela vítima. Então, sacou a arma engatilhada e efetuou um golpe para atingir a vítima, quando a arma disparou acertando-a na cabeça.

Marcelinho, como é conhecido, foi submetido a exames periciais sendo que os trabalhos ainda estão sendo realizados na DIG, com anuência do advogado do investigado. Ele foi indiciado por homicídio duplamente qualificado (motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima). O delegado titular da DIG, Luiz Marcelo Perpétuo Sampaio, representadou pela prisão temporária de Marcelinho, sendo aguardado a expedição do mandado de prisão.

1.248 visualizações0 comentário