Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Reunião e formatação de projetos define redução do reajuste do IPTU em Marília para 4,3%


Reunião no gabinete do prefeito Daniel Alonso (PSDB), na manhã desta quarta-feira (6), definiu o projeto de lei que reduz o reajuste do IPTU deste ano em Marília de 24,5 % para 4,3%. Mudança no indexador de IGPM para o IPCA permitiu a redução do tributo.

O presidente da Câmara de Marília, Marcos Rezende (PSD), participou da apresentação dos projetos e disse que eles serão pautados para a primeira sessão extraordinária da atual Legislatura, que deverá ocorrer entre os dias 7 e 13 de janeiro.

As matérias vão instituir novo indexador do IPTU e o Plano de Regularização de Débitos, que permitirá a anistia para impostos e taxas municipais vencidas. "O prefeito Daniel Alonso começa com o pé direito, ouvindo a população e a Câmara, tranquilizando a todos com um novo indexador do IPTU, evitando o reajuste de 24,5%, do IGPM, para o de 4,3%, do IPCA", afirmou Marcos Rezende (PSD).

A reunião contou ainda com as vereadoras Professora Daniela (PL) e Vânia Ramos (Republicanos) e vereadores Evandro Galete (PSDB), Rogério da Graça (PP), Ivan Nascimento (PSB), Júnior Moraes (PL), Júnior Féffin (PSL) e Doutor Élio Ajeka (PP) e o scretário municipal da Fazenda, Levi Gomes. O vereasdor Luiz Nardi (Podemos), em isolamento pelo grupo do risco do coronavírus, manifestou apoio virtual aos projetos. Danilo da Saúde (PSB), enrolado com o escândalo de fraudes com superfaturamento de tabletes, está sumido faz tempo.


Rezende e Daniel Alonso: redução do reajuste do IPTU para 4,3%

129 visualizações0 comentário