top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Show musical no Teatro Municipal, no sábado, traz reflexões sobre a pandemia da Covid


O Teatro Municipal de Marília receberá no sábado (29), a partir das 20h, nove músicos profissionais para contar e cantar as reportagens musicadas por um grupo de Bauru que percorre o Interior com o jornalista e compositor Nélson Itaberá há 10 anos.

O show interativo, de imersão pelo som terá entrada gratuita. Não haverá retirada antecipada de ingresso. Um show com leveza, pra fazer reflexão pela música e curtir inúmeras variações, como baião, samba canção, rock rural, partido alto, mpb clássica.

O projeto aprovado pelo selo PROAC reúne composições criadas por Nelson Itaberá durante a pandemia. "E refletir sobre nossos aprendizados está no roteiro da conversa musical", explica ele.

Angústias, inseguranças, ruas vazias, comércios sem clientes, filas em unidades de saúde, fé, esperança, perdas. "Acredite, a dureza da pandemia nos permite reflexão no caminho do renascimento", sugere o autor.

A tragédia da maior crise sanitária da história das últimas gerações e seus impactos na saúde pública, na economia, nas relações coletivas e familiares levaram o experiente jornalista a produzir espetáculo que ofereça a plateia a reflexão.

Acostumado com depuração de fatos do cotidiano, com 30 anos de bagagem em redações, Nelson Itaberá leva para o palco a imersão sobre os obstáculos mas com a percepção da renovação. Quais são nossos aprendizados", comenta.

O show é emocional, aguça sentimentos escondidos, aflora percepções, mas de forma leve, com a proposta de sinalizar para onde podemos chegar e quais são nossos limites.

CONTRAPONTO

O show é o lançamento do quinto álbum do jornalista e compositor Nelson Itaberá. Em 2018, o compositor e banda empolgaram a plateia lotada do Teatro de Marília com o show "O livro que canta" - produção finalista do Prêmio Profissionais da Música no País em 2019. O disco retrata,a riqueza da produção musical genuinamente brasileira. Itaberá não tem receio de experimentar.

Acompanhado de profissionais com carreiras consolidadas em seus instrumentos, o autor apresenta raízes do samba canção, ousa misturar ijexá com pitadas de reggae e rock rural, passeia pela MPB clássica, experimenta baião e degusta o regionalismo acompanhado do produtor musical, pianista e acordeonista mariliense Rogério Plaza na trupe.

Da carreira como jornalista com 30 anos de bagagem - do jornal impresso às produções em TV e rádio, o show ganha formato de conversa com o público através das canções. Sobem ao palco do Teatro de Marília neste sábado, junto com Nélson Itaberá, Josiel Rusmont, Fabíola Alcântara, Diogo Alves, Henrique Oliveira, Emilio dos Santos, Chiquinho Garcia, Fabio Tamos e Rogério Plaza.

Uma realização da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa, com patrocínio da Indústria Plasútil e apoio da Secretaria Municipal de Cultura.



28 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page