top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

SISTEMA IRRACIONAL: Vereador Rogerinho articula volta do COPOM da PM de Bauru para Marília


A Câmara de Marília aprovou Requerimento do vereador Rogerinho (PP), que pode garantir um grande passo para a segurança dos cidadãos de Marília. O requerimento, endereçado ao governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas e ao secretário de Estado da Segurança Pública, Capitão Guilherme Derrite, com o qual o vereador possui excelente relacionamento, solicita a transferência para Marília dos serviços do COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar) e do COBOM (Centro de Operações do Corpo de Bombeiros), atualmente centralizados em Bauru.

Na prática, seria a volta do COPOM que já funcionava em Marília e foi transferido para Bauru, causando transtornos no sistema de comunicação da Polícia Militar aqui na cidade.

O cidadão de Marília liga no 190, por exemplo e ligação cai no COPOM lá em Bauru. O atendente colhe as informações e repassa de volta para a corporação em Marília.

Um sistema irracional, já que quem atende em Bauru, geralmente não tem conhecimento na maioria das vezes sequer onde fica determinado bairro em Marília. Além disso, o sistema irracional demanda mais tempo nos chamados, prejudicando atendimentos de urgência (a maioria).

O COPOM foi transferido de Marília para Bauru mais por ações políticas, jáq ue operacionalmente o sistema é, repita-se, irracional.

A medida de Rogerinho visa separar as regiões, proporcionando respostas mais rápidas e eficientes aos chamados de emergência 190 e 193. "A distância geográfica entre as regiões dificulta o envio rápido de viaturas de resgate e assistência, agravando a situação em situações críticas”, enfatizou o edil.

Ele “reafirmou seu compromisso em assegurar que Marília tenha um sistema de resposta a emergências eficaz e ágil, colocando a segurança da população em primeiro lugar”.



81 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page