top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Técnicos do IPT orientam interdição na serra de Avencas, por riscos de desmoronamentos de rochas


Técnicos do IPT na serra de Avencas, na manhã desta quarta-feira

Técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), que estiveram vistoriando a serra da estrada vicinal do Distrito de Avencas, na manhã desta quarta-feira (19) avaliaram que o trecho deve ser interditado, por riscos de quedas de rochas.

As vistorias foram realizadas com a presença da Defesa Civil de Marília, Defesa Civil do Estado e o Corpo de Bombeiros, contando com a presença de técnicos, engenheiros e geólogos especializados em rochas.

Os trabalhos ocorrem após informações de que as encostas adjacentes da vicinal que liga Marília a Avencas apresentavam rachaduras com potencial risco de queda iminente de rochas; de imediato, nossa equipe do COMPDEC para lá se deslocou e verificou a existência das mesmas, carecendo de equipamentos e instrumentos mais adequados para aferição.

"Foi quando decidimos acionar a Defesa Civil Estadual e o IPT para que laudos possam ser realizados e possam nortear as nossas ações a partir de então”, disse Coronel Marcos Boldrin, secretário municipal da Administração.

Todo o local já foi sinalizado com cones e fitas zebradas provisoriamente e a orientação é que evitem ao máximo o trecho, principalmente em dias de chuva e, em caso de necessidade, que tenham o máximo de cuidado ao passar pelo trecho.

Com a interdição, a nova opção para os moradores e produtores rurais da região será aberta junto à SP-333 - Rodovia Rachid Rayes – via que liga Marília a Assis.




200 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page