Buscar
  • Com G1

Tio morto a facadas pelo sobrinho de 14 anos era violento e batia até na mãe


Valcir de Lima Gomes, de 40 anos morto a facadas pelo sobrinho de 14 anos, em Maracaí (101 quilômetros de Marília), tinha sido denunciado por violência doméstica praticada contra o suspeito do crime e a própria mãe, que é avó do menor, segundo informou o delegado Bruno Sentone ao G1. O menor foi apreendido.

De acordo com o delegado, o tio morava na parte da frente do imóvel, na Rua Olavo Bilac, onde aconteceu o crime. O sobrinho e a avó, que é mãe de Valcir, moram na parte dos fundos. A Polícia Civil ainda aguarda os laudos necroscópicos e o relato de novas testemunhas para concluir a investigação capaz de apontar a motivação do homicídio, registrado na segunda-feira. Duas testemunhas presenciais já foram ouvidas. Segundo o delegado que comanda as investigações, a vítima era usuária de drogas e álcool, e já tinha registro policial por violência doméstica e ameaças praticadas justamente contra a mãe, de cerca de 70 anos, e o adolescente. O delegado explica ainda que as investigações vão apurar os detalhes da discussão e se o adolescente agiu numa eventual legítima defesa ou se cometeu um excesso durante a briga. O adolescente apreendido foi encaminhado à cadeia de Lutécia, onde permanece isolado como exige o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA). A Justiça tem cinco dias para definir seu destino. As investigações prosseguem.



174 visualizações0 comentário