top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Tribunal do Júri absolveu hoje acusados de executar autônomo na Zona Norte de Marília


Decisão do Tribunal do Júri nesta quinta-feira (1°), no Fórum de Marília, resultou na absolvição de Lucas Xavier dos Santos e Vinícius Sedano Rosa, que eram acusados pelo assassinato do autônomo Willian Carvalho Pereira, de 25 anos, em setembro de 2017, no Bairro Palmital, Zona Norte da cidade.

A juíza Josiane Patrícia Cabrini Martins Machado, da 1ª Vara Criminal, que presidiu o Júri, sentenciou, após mais de quatro horas de julgamento: "os Senhores Jurados reconheceram, por maioria de votos, a materialidade do crime, porém negaram a autoria. Assim, julgo IMPROCEDENTE o pedido inicial e, em cumprimento à decisão do Conselho de Sentença, ABSOLVO os réus Vinícius Sedano Rosa e Lucas Xavier dos Santos, qualificados nos autos, da imputação que lhes foi feita na inicial quanto ao crime previsto no artigo 121, § 2º, incisos I, III e IV, c.c. o artigo 29, caput, ambos do Código Penal, nos termos do artigo 386, inciso V, do Código de Processo Penal. Expeçam-se alvarás de soltura clausulados".

O CASO

Segundo a denúncia do Ministério Público, o crime ocorreu na noite do dia 3 de setembro de 2017, por volta das 21 horas, na Rua América. Pereira foi perseguido por dois indivíduos em motocicleta até a Avenida República.

A vítima parou a moto no local e tentou se evadir a pé pela Rua América, mas foi alcançado e alvejado por vários disparos de arma de fogo.

Willian foi socorrido em estado grave pelo Samu para o Hospital das Clínicas (HC), mas não resistiu aos ferimentos e morreu durante a madrugada.

Santos e Rosa, que estão presos, foram indiciados pelo crime de homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima).





358 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page