top of page
Buscar
  • Adilson de Lucca

Vândalos danificam "ônibus da saúde" na zona sul de Marília


Ato contra patrimônio público prejudica a população, que perdeu importante equipamento de Saúde utilizado como unidade móvel para prevenção, campanhas, plantões e ações especiais

Uma ação na madrugada desta sexta-feira (12) provocou prejuízo patrimonial e a suspensão de importante serviço de unidade móvel da Secretaria Municipal da Saúde de Marília. Três encapuzados por volta da 1h30 da madrugada invadiram e depredaram o ‘Ônibus da Saúde’, que estava estacionado em frente à USF (Unidade do Programa Saúde da Família) CDHU/São Bento.

Os vândalos tentaram atear fogo no veículo, mas não conseguiram. A Polícia Civil de Marília abriu a investigação criminal, inclusive com coleta de digitais e pegadas, e a Prefeitura Municipal de Marília e a Secretaria Municipal da Saúde levantam o tamanho do prejuízo, bem como prazos para reparos e a retomada do serviço.

A Unidade Móvel de Saúde, conhecida como ‘Ônibus da Saúde’, foi adaptada para poder levar atendimento à saúde a qualquer ponto da cidade. O veículo oferecia macas, cadeiras, mesas de atendimento em ambiente climatizado (ar condicionado). O equipamento estava, inclusive, garantindo que o atendimento médico não fosse suspenso para a população da CDHU e São Bento, pois a chuva de quarta-feira danificou e provocou o fechamento da USF para reparos. Com a vandalização da unidade móvel a população local ficou sem atendimento nesta sexta-feira.

Ato de vandalismo

Os criminosos invadiram a unidade, danificaram câmeras e alarme tanto da USF CDHU como do Cras (Centro de Referência em Assistência Social) CDHU (que fica ao lado), para dificultar a identificação deles. Com pedras quebraram os vidros do veículo, danificando também motor e aparelho de ar condicionado. Com garrafa de álcool e papel higiênico que trouxeram consigo tentaram atear fogo no tanque de combustível e no interior do veículo. Houve princípios de incêndios, mas ambos os focos não foram bem sucedidos, tanto no tanque como na parte interna (derreteu plástico mas não se alastrou). Eles fugiram sem levar nada do veículo. A Polícia Civil fez a perícia no local, colheram digitais e pegadas, e devem receber também as imagens das câmeras de vigilância da Prefeitura para ajudar nas investigações.





 

70 visualizações0 comentário
bottom of page