top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Vídeo fake sobre radares em Marília. Equipamentos começarão a funcionar daqui a um mês


Um vídeo fake que circula nas redes sociais em Marília mostra uma estrada de terra com equipamento de radar de controle de velocidade. Na imagem, uma foto do prefeito Daniel Alonso e uma tarja com os dizeres: "esse é o nosso prefeito Daniel Alonso. Mandou colocar radar até em Padre Nóbrega em estrada de terra".

"Isso é para tentar denegrir a imagem da administração", disse o presidente da Emdurb, Valdeci Fogaça, ao JORNAL DO POVO, sobre o vídeo fake.

INSTALAÇÃO DE RADARES

Segue pelas avenidas da cidade a instalação de radares de controle de velocidade. Os equipamentos ainda não estão funcionando, mas vêm "assustando" motoristas.

Alguns reclamam da falta de sinalização de alerta sobre os radares e quando se deparam com os equipamentos reduzem drasticamente os carros e obrigam outros quem vêm atrás a fazer o mesmo, de forma abrupta.

Fogaça disse que os equipamentos devem entrar em operação dentro de cerca de um mês, após aferição pelo Imetro e homologação pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

Serão instalados 53 radares e lombadas eletrônicas em diversas avenidas de Marília, como Santo Antonio, Rio Branco, República, Sanches Cibantos, Brigadeiro Eduardo Gomes, Pedro de Toledo e outras.

Radar sendo instalado na Avenida das Esmeraldas

A velocidade máxima nessas vias será de 40 km/h. "O limite de velocidade é determinado pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito)", explicou o presidente da Emdurb.

Em vias coletoras (marginais como a Sanches Cibantos e Antonieta Altenfelder), o limite de velocidade poderá ser flexibilizado e aumentado para 50 km/h, por exemplo.

Sobre as sinalizações dos locais onde já estão instaladas as estruturas com os radares fixos, Fogaça disse que serão feitas após a entrada dos equipamentos em operação.

"As estruturas que estão sendo montadas pela empresa (de Jaguaré-SP) nao são definitivas e podem sofrer alterações de locais. Por isso as sinalizações serão pós-aferição dos equipamentos", disse.

O presidente da autarquia afirmou ainda que antes da entrada em operação dos radares, será feita uma campanha de orientação na mídia sobre o sistema.

Valdeci Fogaça, presidente da Emdurb




814 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page