Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Valente, MAC empata em 0 a 0 com o Criciúma e é eliminado da Copa do Brasil


O MAC estreou na Copa do Brasil na tarde desta quinta-feira contra o Criciúma (SC), no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES). A partida terminou em 0 a 0 e como o empate favorecia a equipe capixaba, o Marília está eliminado da competição. Os números finais mostraram 50% de posse de bola para cada equipe.

O JOGO

Após viagem de 22h de ônibus ( Criciúma fez a saga de avião), o elenco maqueano enfrentou um calor escaldante de 33 graus (o jogo teve parada técnica por esse motivo) e jogou de igual para igual com o Criciúma.

O árbitro determinou um minuto de silêncio pelas vítimas da Covid-19, antes do começo da partida.

A partida começou bem equilibrada e o time de Santa Catarina teve a primeira boa chance com Pedrinho batendo bem e a bola passando beirando a trave do goleiro Agenor.

O Criciúma, que contratou vários jogadores da Série B do Brasileirão para esta competição, apertou a marcação, mas o MAC perdeu uma grande chance aos 17 minutos, após cobrança de falta na entrada da grande área, com Nescau chutando forte na barreira uma bola que deveria ser colocada.

Aos 35 minutos o MAC perdeu a bola no meio de campo, o Criciúma avançou e perdeu boa chance com a bola atravessando toda a área. Aos 39 o atacante Léo Couto foi derrubado na entrada da área, mas o árbitro deu apenas escanteio. Na cobrança, o próprio Léo quase marcou um gol olímpico.

O primeiro tempo teve quatro minutos de acréscimo, com o Criciúma tendo dois escanteios seguidos, levando perigo à meta maqueana.

No segundo tempo, o Criciúma voltou marcando bem e pressionando. Aos 13 minutos, Pedrinho quase abriu o marcador para o time de Santa Catarina ao chutar uma bola no travessão do goleiro Agenor.

O MAC respondeu dois minutos depois, com Joãozinho exigindo boa defesa de Gustavo na cobrança de falta. Aos 17 o Criciúma voltou a ameaçar com um bom chute de Eduardo.

A maior chance do MAC veio aos 27 minutos, com Geninho cabeceando firme para baixo após cobrança de falta. O goleiro Gustavo fez ótima defesa.

O MAC foi pra frente com dois centroavantes (apesar de Gustavo Nescau apagado) e cinco atacantes, mas não finalizou pro gol., mesmo com vários escanteios. A partida teve sete minutos de acréscimos, o MAC foi gigante, mas não deu.

Enfim, a estreia inédita na Copa do Brasil mostrou uma equipe valente e aguerrida.




100 visualizações0 comentário