Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Vereador Danilo da Saúde apoia hospitais no movimento “Chega de Silêncio”


O vereador Danilo da Saúde (PSB), protocolou na Câmara de Marilia, requerimento com Moção de Apoio à Santa Casa de Misericórdia de Marília, Hospital Beneficente da Unimar, Hospital Espírita de Marília e Maternidade Gota de Leite, pela adesão ao movimento “Chega de Silêncio”, da Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas – CMB.

“As Santas Casas e hospitais filantrópicos vivem a maior e mais grave crise da história da saúde pública, por falta de investimentos e reajuste da tabela SUS. Precisamos apoiá-los e fortalecer o movimento para que os entes federativos revejam e ampliem o financiamento. São entidades que realizam assistência fundamental à população, que sobreviveram até o momento devido à luta e resistência de seus gestores e colaboradores”, disse Danilo.

Conforme divulgado pelas entidades filantrópicas, os problemas financeiros são velhos conhecidos em função do nível de endividamento e do subfinanciamento do SUS, os quais resultaram nos últimos anos no fechamento de 315 hospitais filantrópicos, e na elevação da dívida do setor a mais de R$ 20 bilhões.

“As raras correções dos recursos destinados aos hospitais públicos são infinitamente desproporcionais ao aumento do custo operacional. Para ter uma noção da gravidade da situação, desde o início do plano real, em 1994, a tabela SUS e seus incentivos foi reajustada, em média, em 93,77%, enquanto o INPC (Índice de Preços no Consumidor) foi em 636,07%, o salário-mínimo em 1.597,79% e o gás de cozinha em 2.415,94%”, explicou o parlamentar.

Com a Moção de Apoio ao movimento, Danilo pretende tornar pública a situação e mobilizar esforços em apoio aos hospitais. “É uma crise de toda a sociedade, todos precisamos apoiar e buscar soluções para ajudar essas importantes entidades, que por décadas realizam serviços essenciais à população sem dispor das condições financeiras necessárias, e que foram agravadas ainda mais com a pandemia da Covid,” concluiu Danilo.




16 visualizações0 comentário