top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Vereador Danilo da Saúde quer projeto da Prefeitura sobre aumento salarial e benefícios de servidores


A Câmara de Marília aprovou na sessão desta segunda-feira (26), Requerimento do vereador Danilo da Saúde, solicitando ao à Prefeitura informar sobre a possibilidade de se enviar o Projeto de Lei relacionado ao aumento salarial dos servidores públicos municipais da ativa, dos aposentados e pensionistas que contemple as correções inflacionárias do período e uma porcentagem de ganho real no salário, auxílio alimentação e auxílio saúde de acordo com a proposta a ser apresentada pelo sindicato dos servidores públicos, discutida e aprovada em assembleia futura.

O município apresentou superavit de arrecadação nos últimos anos, além dos recursos recebidos do governo estadual e federal, tendo a Prefeitura plenas condições de fazer as correções previstas em lei e adicionais de ganho real como incentivo, reconhecimento e valorização do esforço desses trabalhadores, que de forma responsável e de extrema dedicação, vem fazendo trabalho de suma importância para manutenção da máquina pública.

"O Sindicato da categoria já se manifestou por reajuste de 15% nos salários. Seria bom o prefeito Daniel Alonso apresentar projeto nesse sentido para encaminhar as negociações e evitar transtornos aos servidores, como vivenciados em anos anteriores", explicou Danilo.

ABASTECIMENTO DE MEDICAMENTOS

Danilo da Saúde também solicita, através de Requerimento, a adoção de providências urgentes para regularizar o abastecimento de medicações e insumos, nas unidades de saúde e farmácias municipais.

"Recebemos diariamente, inúmeras reclamações da população relatando a dificuldade em ter acesso às medicações, fraldas, dietas e suplementos alimentares, entre outros insumos indispensáveis para o atendimento da população. Em outras situações, presenciamos servidores comprando materiais com recursos próprios para poder manter o atendimento da população", afirmou o parlamentar.

Ele destacou que em muitas situações o desabastecimento da rede pode causar danos irreversíveis à saúde da população que utiliza o atendimento da rede primaria e da atenção especializada.




79 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page