Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Vereador Evandro Galete quer implantação de Centro Dia Para Pessoas Com Deficiência


Requerimento do vereador Evandro Galete (PSDB), na pauta da sessão da Câmara de Marília desta quarta-feira (2), solicita ao prefeito Daniel Alonso (PSDB), juntamente com as Secretarias responsáveis, informarem a possibilidade de ser montada uma estrutura com espaços apropriados, denominados Centro Dia Para Pessoas Com Deficiências, destinados a proporcionar acolhimento, proteção e convivência à pessoas com deficiência, cujas famílias não tenham condições de prover seus cuidados, durante o dia ou em parte dele.

"O objetivo desse espaço é evitar o isolamento social e o abandono, proporcionando o acolhimento das pessoas atendidas", explica Galete. O serviço de proteção social especial para pessoas com deficiência poderá atender até 30 usuários, de 18 a 60 anos de idade, em cada turno de quatro horas. o usuário poderá frequentar o centro dia diariamente ou em dias alternados, em período integral (10 horas) ou parcial (mínimo de 4 horas), a partir da elaboração de um plano individual e/ou familiar de atendimento.

Pela proposta, este Centro Dia referenciado poderá receber pessoas com qualquer tipo de deficiência, seja ela auditiva, intelectual, visual ou física, que estejam em situação de dependência, e suas famílias/cuidadores, que se encontram em situação de pobreza e/ou risco por violação de direitos. O objetivo do local é proporcionar convívio comunitário e desenvolver atividades que estimulem a autonomia da pessoa com deficiência, Algumas das atividades oferecidas são oficinas de salão de beleza, de dança, de arte e horta.

O vereador acrescenta que o "Centro Dia Para Pessoas Com Deficiências" oferece atenção integral à pessoa com deficiência em situação de dependência, permitindo a convivência em grupo, o fortalecimento das relações sociais e apoio às famílias e aos cuidadores familiares, com diminuição do estresse decorrente dos cuidados prolongados.

"Esses espaços são, portanto, uma alternativa coletiva de cuidados pessoais, complementar aos cuidados das famílias. Acreditamos que o prefeito será sensível

à esta importante proposta para apoio às pessoas nessas condições e o fortalecimento da assistência social em nossa cidade", conclui Galete.



37 visualizações0 comentário