top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Vereador Luiz Nardi repudia "pressão" e aponta assédio moral sobre diretoras e coordenadoras de escolas municipais


A Câmara de Marília aprovou na sessão desta semana Requerimento do vereador Luiz Eduardo Nardi, solicitando esclarecimentos sobre um lamentável episódio envolvendo principalmente diretoras e coordenadoras de Emefs e Emeis, com "visitas" de assessores do entorno do secretário municipal da Educação, Helter Bochi.

Nas tais "visitas" de uma suposta "comissão", atuando em "procedimentos de fiscalização" às unidades escolares, nas quais também esteve presente a corregedora-geral do Município, Valquíria Galo, os referidos servidores foram tratados de forma agressiva e desrespeitosa.

"Ainda está muito nebulosa essa atitude, essa "pressão" e queremos esclarecimentos do comando da secretaria municipal da Educação. Repudiamos isso, porque é inadmissível que educadores tratem educadores de forma desrespeitosa e agressiva, caracterizando flagrante assédio moral", disse Nardi.

Ele ressaltou a estranha presença da corregedora-geral nas "visitas" às escolas. "Se há algo a ser adequado nas escolas, que se faça de forma humanizada e respeitosa. Caso haja alguma irregularidade, o papel da Corregedoria é abrir um procedimento legal no âmbito de suas atribuições e apurar eventuais falhas. O que foi feito nessas "visitas", sobretudo com as diretoras e coordenadoras, é repugnante e constrangedor. Criou-se um clima de intranquilidade e instabilidade em todo o ambiente escolar, reflexo dessa inaceitável atitude dos dirigentes da secretaria municipal da Educação. Exigimos esclarecimentos urgentes sobre isso", afirmou Nardi.

O vereador lembrou que o quadro de diretoras, professoras, coordenadoras e demais servidores da Educação municipal sempre atuou com dedicação e responsabilidade em suas funções, elevando o setor a níveis de destaque nacional e conquistando importantes prêmios na área. "Quem faz e acontece, de fato nas escolas e creches da rede municipal da Educação, são esses servidores e portanto, merecem respeito e tratamento digno e humanizado".





363 visualizações1 comentário

1 Comment


Suh Fernandes
Suh Fernandes
Feb 08

O Sr Vereador sabe porque isso está acontecendo? Com certeza sabe! E está defendendo uma classe que está sendo investigada por maus tratos a crianças autistas e neuroatípicas no geral. O senhor está contra as minorias e isso é inaceitável! O senhor não tem vergonha?

Like
bottom of page