top of page
Buscar
  • Foto do escritor J. POVO- MARÍLIA

Vereador Rogerinho teve Lei aprovada e cobra implantação do SUS Animal em Marília


O vereador Rogerinho (PP) voltou a cobrar a aplicação efetiva da Lei 8691, de sua autoria, que tem como objetivo a criação do Pronto Socorro Veterinário Gratuito em Marília. A lei visa atender famílias de baixa renda e animais abandonados, oferecendo serviços essenciais como castrações, atendimento médico ambulatorial, exames, procedimentos cirúrgicos e encaminhamento para abrigos e adoções, criando assim o Sistema Único de Saúde Animal (SUS Animal) no município.

A lei foi aprovada por unanimidade na Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito municipal em 2021, porém até o momento, sua efetivação não ocorreu. Com exceção de alguns casos de atendimento para castrações. “Essa lei é de extrema importância para o bem-estar dos animais em nossa cidade e também para auxiliar as famílias de baixa renda que muitas vezes não têm condições de arcar com despesas veterinárias”, destacou Rogerinho.

O Pronto Socorro Veterinário Gratuito visa proporcionar atendimento rápido e eficaz a animais em situações emergenciais, contribuindo para reduzir o sofrimento e o abandono de animais que necessitam de cuidados médicos urgentes.

Além disso, a legislação também prevê a realização de castrações, o que é fundamental para o controle populacional de animais e para evitar o aumento da população de animais abandonados nas ruas. Adicionalmente, o atendimento médico ambulatorial, exames e procedimentos cirúrgicos contribuirão para garantir a saúde e o bem- -estar dos animais assistidos.

Rogerinho ressaltou que a criação do SUS Animal representa um grande avanço para o município, alinhando Marília a outras cidades que já possuem serviços de saúde voltados especificamente para animais. “É um compromisso com a causa animal e com as famílias que necessitam de apoio para cuidar de seus pets”, afirmou o vereador.




48 visualizações0 comentário
bottom of page