Buscar
  • J. POVO- MARÍLIA

Vigilância Sanitária interdita equipamentos de bronzeamento artificial em Marília


A Divisão de Vigilância Sanitária, órgão vinculado à secretaria municipal das Saúde, interditou equipamentos de bronzeamento artificial que funcionavam em estabelecimentos na ára central e ona Oeste de Marília.

A ação ocorreu após denúncias dando conta que os equipamentos não possuiam permissão legal para funcionamento e com base em Resolução da Anvisa RDC nº 56 de 09/11/2009 que proíbe em todo território nacional o uso dos equipamentos para bronzeamento artificial, com finalidade estética, baseada na emissão da radiação ultravioleta (UV), as autoridades sanitárias que estiveram in loco interditaram o equipamento com a lavratura imediata de Auto de Infração e Auto de Imposição de Penalidade de Interdição do equipamento.

O chefe da Vigilância Sanitária em Marília afirmou que“não se comprova nenhum benefício que justifique o uso desses equipamentos que podem causar uma doença maligna ao organismo humano e que a proibição não se aplica aos equipamentos com emissão de ultravioleta destinados a tratamento médico ou odontológico com o devido registro na Anvisa.”

A Vigilância Sanitária acolhe denúncias e reclamações através da Ouvidoria do Município pelos canais: 0800 77 66 111 (Telefone); 99799-6361 (WhatsApp) e ouvidoria@marilia.sp.gov.br (e-mail).



105 visualizações0 comentário