Sindicato dos policiais civis inaugura sede e quer fim da sobrecarga de trabalho da categoria

May 27, 2017

Celso Pereira, presidente do Sincopol em Marília, que inaugurou a sede

 

O Sincopol (Sindicato Regional dos Policiais Civis do Centroeste Paulista) inaugurou na sexta-feira (26) sua sede em Marília, na rua Amazonas, número 262, na região central da cidade. O evento reuniu policiais civis da ativa, aposentados, e sindicalistas de toda a regional abrangida pela entidade de classe, que compreende também as cidades de Assis, Ourinhos e Tupã, assim como os municípios vizinhos.
A data representa um marco na história do sindicato, fundado em 1990, com o nome de Sinporm. O primeiro presidente foi Benedito Tadeu Martins Simões. Por um longo período a entidade ficou desativada, mas foi retomada nos últimos anos e vem com franco crescimento no número de filiados baseada em uma atuação incisiva. No final de 2013 foi incorporado o Sinpoeste Paulista, constituindo-se assim o atual Sincopol.
Um dos responsáveis pela guinada é o atual presidente, Celso José Pereira, que comemora a nova sede, instalada em um amplo imóvel, em via de fácil acesso, próximo ao coração da cidade. O prédio conta com espaço adequado para os departamentos da entidade sindical desempenharem suas atividades, sala de reunião, recepção e copa, além de uma área de lazer para confraternizações.
“A sede é pensada para receber nossos filiados de Marília, Assis, Ourinhos e Tupã, por quem lutamos diuturnamente. Estamos nos empenhando ao máximo para defender nossos sindicalizados, muito embora os resultados sejam lentos, haja vista que são montanhas de injustiças para se remover. Mas já temos importantes conquistas para comemorar”, afirma Celso Pereira.
Além da diretoria do Sincopol, também prestigiaram a inauguração Aldemir Estevão, chefe do setor de Relações do Trabalho da regional de Marília do Ministério do Trabalho e Previdência, e Aparecido Lima de Carvalho, presidente do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis) Campinas e também da Feipol (Federação Interestadual dos Policiais Civis da Região Sudeste), que abarca os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo.
“Viemos apoiar o Sinpol Marília, que é filiado ao Feipol, e para parabenizar o Celso pela brilhante atuação com reconhecimento no Estado inteiro, seja na defesa do policial civil ou no campo do Direito Público. Estão sendo enormes êxitos, diante dos grandes desafios que nossa classe enfrenta”, afirma Carvalho.
Entre as inúmeras reivindicações da pauta de 2017 do Sincopol está o respeito absoluto ao limite de 12 horas de trabalho por 36 horas continuas de descanso, que vem sendo ignorado em várias localidades do Estado de São Paulo.
O Sincopol vem lutando para mudar o entendimento do TJ-SP (Tribunal de Justiça) no que diz respeito às escalas de sobreaviso em que o policial trabalha a semana inteira em sua unidade, fica de sobreaviso nos finais de semana e ainda tem que voltar na segunda-feira. O Sincopol já recorreu de decisão nesse sentido e aguarda julgamento.
Uma vitória, ainda que o assunto siga em discussão, é a liminar que suspende em todo o Estado as abusivas escalas de acúmulo de cargo. Aquela, em que o policial tem de cobrir férias de colega em outra unidade, local ou município, sem receber a mais por isso.
A decisão vale até que se crie legislação que venha remunerar esses acúmulos de cargo. A Secretaria da Fazenda, por sua vez, recorreu, o que foi prontamente atacado pelo Sincopol. “Em breve estaremos executando essa medida”, afirma o presidente Celso Pereira.
O site do Sincopol é o www.sincopol.com.br; o telefone de contato é o (14) 3434-1680; e o e-mail é o sincopol@gmail.com.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black