Entidade concede título de Cidade Inclusiva a Marília

                                            Criança com necessidades especiais em atividade em escola municipal

 

Atestando o trabalho realizado em prol da inclusão de Pessoas com Deficiência (PcD) na sociedade, e em especial, no ambiente escolar, Marília conquistou o reconhecimento de gestão inclusiva.  O certificado será entregue pela Associação inteirAção de Apoio e Desenvolvimento da Pessoa, entidade sem fins lucrativos, que tem como missão ser um canal facilitador na inclusão de alunos com deficiência na rede regular de ensino. O documento será entregue ao Prefeito Daniel Alonso no dia 06 de junho, às 14 horas no gabinete da Prefeitura.

Diversos fatores são responsáveis por aumentar a cada ano o acesso de alunos com deficiência na rede pública. Além do cumprimento da legislação, que prevê a obrigatoriedade de cuidadores nas escolas, há também uma mudança de mentalidade na população, com o entendimento de pais e responsáveis sobre a importância da convivência das PcDs com outras crianças. São ações que contribuem efetivamente para a inclusão escolar.

Através de parceria firmada por licitação com a CONVIVA, empresa associada à InteirAção, Marília conta atualmente com 132 cuidadores que atuam diariamente na assistência de alunos com deficiência nas escolas municipais. Número que demonstra a preocupação da atual administração no apoio à educação inclusiva.

A presença do cuidador no acompanhamento diário proporciona aos alunos assistidos a possibilidade de desenvolver de maneira mais efetiva sua autonomia. São inúmeras histórias que demonstram que a inclusão escolar abre caminhos para grandes descobertas, que contribuem para o desenvolvimento da tolerância, respeito, além do combate aos preconceitos.

Ana Paula Rondão atua como cuidadora há três anos, desde que Marília passou a contar com o serviço no município, e fala com orgulho do trabalho que realiza. “Sem as cuidadoras algumas crianças não se desenvolviam, pois não contavam com essa assistência no período em que estão na escola. Tem casos de crianças que não esboçavam nenhuma reação, e agora se comunicam por gestos”, conta.

Além de cuidados básicos como locomoção, higiene e alimentação, segundo a cuidadora Ellen Carolina Siqueira, auxiliar no desenvolvimento da comunicação é um dos fatores que mais contribuem para a independência dos alunos que possuem algum tipo de deficiência. “O que para nós é simples, eles têm dificuldade. Então é importante conversar muito com a criança, para que ela possa desenvolver a fala, e conquistar a própria independência. É uma felicidade enorme ver aquela criança que não se comunicava, passar a se comunicar”, comemora.

Para a InteirAção, as pessoas estão cada dia mais abertas para as diferenças, sendo esse o primeiro passo para a inclusão acontecer. É o que diz Maíra Pizzo, porta-voz da associação. “Nosso papel é fazer com que a inclusão realmente aconteça e saia do papel. Acreditamos que os cuidados e apoio aos alunos com deficiência contribuem efetivamente para que essas pessoas desenvolvam maior autonomia, e potenciais criativos. Nesse sentindo, acreditamos que Marília é um exemplo a ser seguido”, diz.

Sobre a inteiração

A InteirAção surgiu com a missão de ser um canal facilitador na inclusão social de Pessoas com Deficiência (PcDs) na Sociedade. A entidade sem fins lucrativos, localizada em Bauru (SP), promove através da capacitação, supervisão e acompanhamento o treinamento de profissionais que têm como principal objetivo auxiliar crianças e adolescentes que possuam algum tipo de deficiência a ter um convívio social e aprendizado mais eficiente nas escolas públicas e privadas

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black