TRANSPORTE PÚBLICO: Abertura do Terminal cria padronização de integração dos passageiros

July 17, 2017

                                      Terminal Urbano fica sem catracas. Equipes da AMTU orientam usuários

 

Começou a funcionar nesta segunda-feira (17) o sistema de abertura dos portões e catracas do Terminal Urbano, padronizando o novo sistema de integração. A transferência dos clientes de uma linha para outra dentro do terminal não será alterada, apenas se unificou o sistema de integração, através do cartão eletrônico Marília Card, tanto pelo modelo cadastrado como nas opções de tarifas avulsas.

A padronização ou unificação do sistema de integração eletrônica apenas aposenta o modelo usado há mais de 25 anos, de terminal fechado para integração centralizada. O sistema de integração fora do terminal, em uso desde maio de 2013, agora é aplicado também dentro do terminal.

Desde a aplicação das novas leis do transporte em Marília, para o cliente se transferir de uma linha para outra em seu percurso de viagem na cidade basta ele trocar de veículo em qualquer ponto da cidade, como inclusive no terminal. Sem a transferência compulsória oferecida com o terminal fechado, o passageiro vai precisar agora apenas fazer a confirmação da segunda viagem gratuita pelo cartão eletrônico no validador do segundo veículo embarcado (respeitando o prazo de 60 minutos), com embarque somente pela porta da frente. Um ato que já realizava em um dos 1.204 pontos de parada das vias urbanas e agora precisará fazer também no terminal urbano aberto.

A abertura do terminal ou padronização do sistema de integração é um passo necessário para um avanço ainda maior na modernização e readequação do plano de linhas e itinerários do transporte público. “O modelo é o mesmo de há 25 anos e não acompanha mais as necessidades de locomoção da população”, declarou o diretor administrativo da AMTU, Alexandre Costa Santiago.

Já o prefeito de Marília, Daniel Alonso, conta que a exigência dos clientes por maior opção de horários e linhas e de um menor tempo nas viagens, faz com que o sistema centralizado, de sentido único de bairro e centro, com maior encontro de linhas de transferência somente no terminal, seja alterado gradativamente para um modelo descentralizado, com linhas que privilegiam pontos regionais para integração mais rápida e com maior opção de destinos.

“Nosso objetivo com a abertura do terminal é nos prepararmos para modernizarmos o sistema do transporte da cidade, criando linhas, horários e itinerários que realmente atendam às necessidades de locomoção do mariliense”, disse Alonso.

A abertura do terminal irá apenas exigir do cliente interessado em fazer a integração com outra linha que troque o dinheiro por um cartão com tarifas avulsas (de 2, 4 ou 10 unidades tarifárias) ou adquira o cartão personalizado, o Marília Card, ambos disponíveis na loja da AMTU, na Rua Maranhão, 43, no guichê da AMTU no Terminal ou no site www.amtumarilia.com.br.

Importante lembrar que o cartão avulso de uma unidade tarifária e todos os outros avulsos que atingirem sua última unidade não possibilitam a integração eletrônica, pois são recolhidos pelo validador.

Desde o dia 3 de junho uma equipe de orientação da AMTU está tirando dúvidas dos clientes dentro do Terminal. A loja da AMTU está atendendo também em horário estendido, das 8h às 19h de segunda a sexta e das 8h às 12h no sábado. Mais informações no site ou pelo Fale Conosco da AMTU, através do 0800-777-8181, ou serviço de atendimento da Emdurb, pelo 156.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle

© 2017 por "JP. Povo