RADAR DO JP

August 14, 2017

PSB NA TRINCHEIRA I

Durante encontro que o reelegeu para a presidência do diretório municipal do PSB, em Marília, sábado na Câmara Municipal, o deputado estadual Abelardo Camarinha (PSB) reforçou ataques ao seu principal alvo, que é o prefeito Daniel Alonso (PSDB).

 

                                               Deputado Camarinha medindo a pressão arterial: "doze por oito"

 

“Estou igual aqueles fuzileiros que desembarcam no Iraque”, avisou. Citou boatos sobre seu estado de saúde ironizou: “minha pressão está doze por oito”. Fazendo alusão à passagem bíblica onde o profeta Daniel foi lançado na cova dos leões, intimou o atual prefeito: “Avança no Camarinha”.

 

PSB NA TRINCHEIRA II
Camarinha mandou torpedos também em direção ao ex-secretário municipal de Assistência Social e da Saúde, Hélio Benetti: “ele ganhou um cargo prometendo dar mil votos para o deputado Rodrigo Garcia. Quero ver ele arrumar esses mil votos”, desafiou Camarinha. EM TEMPO: Benetti foi nomeado recentemente diretor regional da CDHU em Marília, por indicação do secretário estadual da Habitação, Rodrigo Garcia, que é deputado federal licenciado pelo DEM. Em 2014, ele conseguiu cerca de 2.800 votos aqui na cidade.

 

PSB NA TRINCHEIRA III

                         Beneti, de costas, em roda de capoeira: ele "pulou fora" do grupo do PSB

 

Beneti foi secretário na gestão do ex-prefeito Vinícius Camarinha, que acompanhou o evento de sábado como vice-presidente local do PSB. O ex-secretário foi “homem forte” da frustrada campanha de Vinícius à reeleição, em 2016 e já vinha sendo metralhado por Camarinha e pela coluna “Painel”, do extinto jornal Diário, após as eleições.

 

SEM TAXA, SEM OBRAS
Após a Câmara Municipal ter movido ação para enterrar de vez a cobrança da inconstitucional taxa dos Bombeiros em Marília, a Prefeitura revogou um concorrência pública que visava a construção do Posto de Bombeiros no Bairro Vista Alegre, na Zona Sul da cidade.

 

JEITINHO BRASILEIRO
A proprietária de um veículo, moveu uma ação civil contra o DER, no Fórum de Marília, alegando que ao passar por um buraco nas proximidades do Km 445 (Garça a Marília), houve o estouro de um pneu dianteiro de seu carro e ela queria reparação de danos materiais. Ela registrou um B.O dias após o ocorrido.
A ação foi julgada improcedente pelo juiz Walmir Idalêncio dos Santos Cruz, porque o DER apresentou nos autos fotos da rodovia sem vestígios de buraco no local do suposto incidente e a mulher, de iniciais I.C.N, ainda apresentou nota fiscal da compra de dois pneus novos.

 

OUTRO GOLPINHO

Um sujeito foi ao Posto Mônaco, na Avenida Santo Antonio e pediu para o frentista colocar R$ 30 reais de combustível. Desceu do carro e disse que pagaria a despesa na loja de conveniência do estabelecimento. Entrou na loja, fez um rodeio, saiu e foi embora, sem pagar a conta. Ocorre que as câmeras de segurança do posto registraram as placas do veículo e seu proprietário foi devidamente identificado. Caso registrado na CPJ. 

 

EXPLICAÇÕES E DÍVIDA BILIONÁRIA

A presidente do Ipremm (Instituto de Previdência do Município de Marília), Mônica Regina da Silva, estará presente na sessão da Câmara de Marília, desta segunda-feira (14) para expor a caótica situação do órgão, que tem um rombo gigantesco que vem sendo acumulado por longos e longos anos. No ano passado, a ONG Matra apresentou um estudo dando conta de que as dívidas acumuladas do Instituto passavam de R$ 3 bilhões.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black