Câmara desiste de construir novo prédio. Obra consumiria cerca de R$ 5 milhões

August 22, 2017

A Câmara de Marília desistiu da construção de um novo prédio para abrigar suas instalações e da TV Câmara, que funciona num prédio alugado próximo ao Legislativo, na Rua Bandeirantes. "A construção do novo prédio da Câmara não acontecerá neste ano e não está no orçamento do ano que vem", informou a assessoria de imprensa.

Em fevereiro de 2015  a Câmara chegou a aprovar a formação de uma comissão para estudar a construção de um novo prédio em área doada pela Prefeitura para esta finalidade, localizada no final da Rua Lima e Costa (anexa à rotatória de acesso à Rodovia do Contorno). O mesmo terreno havia sido doado em meados de 2002 para a construção da sede da Delegacia de Polícia Federal em Marília. O tal projeto  também não prosperou.

A área deverá ser restituída à Prefeitura, já que a doação à Câmara não foi oficializada nem formalizada. É possível que a mesma entre num pacote de próprios públicos que o prefeito Daniel Alonso (PSDB) pretende vender para criar aporte financeiro ao Ipremm. 

PROJETO DE R$ 500 MIL

 

                 Câmara de José Bonifácio, que vereadores de Marília escolheram como modelo arquitetônico

 

Um grupo de vereadores da Legislatura passada percorreu algumas cidades do interior do Estado vistando prédios de câmaras municipais. Os edis escolheram como "modelo" a Câmara de José Bonifácio, na região de Ribeirão Preto, construída em meados de 2015.

Na gestão do ex-presidente Herval Seabra, um profissional da área de construção civil de São Paulo esteve em Marília para analisar o assunto. Chegou a apresentar orçamento extraoficial de R$ 500 mil para desenvolver e acompanhar o projeto. 

O esquema não vingou e a ideia de construção de um novo prédio para a Câmara Municipal acabou sendo "esquecida" ainda no ano passado. "Em função da crise econômica, decidimos por não colocar esse projeto em prática", disse ao JP o ex-presidente, Herval Seabra. No final de 2016, ele devolveu à Prefeitura cerca de R$ 7 milhões do orçamento da Câmara, que poderiam ser usados par esta finalidade.

PRÉDIO ATUAL

Na década de 50, foi iniciada a construção do prédio onde estão a Prefeitura e a Câmara de Marília, no Paço Municipal. A planta foi elaborada pelos engenheiros Miguel Badra e Ginez Velanga. O Projeto recebeu inúmeros elogios sendo premiado três vezes.

As obras tiveram início em 1953 e o prédio foi inaugurado em 1960– 1º Prêmio Internacional de Arquitetura de Caracas- Venezuela- 1º Lugar medalha de Ouro, 1985.– 2º Prêmio Bienal de São Paulo – Primeiro Lugar – Medalha de Ouro, 1957– 3º Prêmio Salão Paulista de Belas Artes . Primeiro Lugar –Medalha de Ouro, 1958. O anexo onde está instalada a Câmara Municipal, no projeto original, pertencia à Prefeitura. 

Atualmente, o prédio está obsoleto, apesar das inúmeras reformas e ampliações. O "aperto" físico só não é maior porque a Câmara voltou a ter treze vereadores a partir de 2008. Antes, tinha 21. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle

© 2017 por "JP. Povo