Sindicato dos Servidores convoca manifestação e cobra esclarecimentos da Prefeitura sobre planos de saúde

September 7, 2017

             Mauro Cirino cobra posição e esclarecimentos firmes da Prefeitura sobre questões dos servidores

 

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais está convocando a categoria para uma manifestação às 18h, no Paço Municipal. O objetivo do movimento é esclarecer questões sobre o contrato emergencial da Prefeitura com a Unimed, para atendimento aos servidores.

“Foi protocolado ofício no departamento de Recursos Humanos comunicando que o contrato emergencial que estava em vigor venceu no último dia 19 de agosto e, com isso, os servidores terão que pagar as mensalidades da Unimed integralmente a partir deste mês. Como ninguém na Prefeitura informa de fato o que está acontecendo, não dão explicações nenhuma, convocamos esta manifestação”, disse o presidente do Sindicato, Mauro Cirino.

O Sindicato pede que o contrato emergencial com a Unimed seja prorrogado até que seja concluída a licitação  e a empresa vencedora seja credenciada para atender os servidores e seus dependentes. "Se isso não ocorrer, muitos servidores não terão como pagar os valores das mensalidades e infelizmente provavelmente terão que cancelar o contrato", observou Cirino.

Ele disse que "o prefeito Daniel Alonso não pode deixar assim de uma hora para a outra os servidores na mão. Muitos estão em tratamento ou com cirurgias marcadas e outros nem se quer tem margem para o desconto. E ai ,prefeito?", questionou. "Se as coisas continuarem assim acredito que não vai demorar muito para termos churrasco de sardinha e cabo de reio", completou o sindicalista, em alusão à greve dos servidores em 2015, quando fizeram piquetes com churrasco no Paço Municipal.                    

Mauro Cirino disse que o Sindicato esta chamando para essa manifestação porque  ninguém chamou os servidores para dar uma satisfação a respeito dessa situação. O sindicato não tem conhecimento de como é esse contrato e suas cláusulas, pois, não fazemos parte dessa relação jurídica. Portanto cabe a eles dar as devidas explicações e não nós".

FIRMEZA E SERIEDADE

O sindicalista lamentou ainda a postura do prefeito Daniel Alonso e alguns secretários de primeiro escalão. "Ninguém vem à público ou aos servidores, pelo menos, explicar, esclarecer o que está acontecendo. São apenas notas de imprensa vagas, sem fato concreto, vem a palavra oficial de autoridades. Já vimos em outras ocasiões que o que eles dizem em nota acontece o contrário. Garantiram em março que não haveria reajuste nas mensalidades da Unimed dos servidores. Em abril, aumentaram 17% as mensalidades. Disseram em janeiro que em 90 dias teríamos o Plano de Carreira dos Servidores. Até hoje, nada! Tá faltando pulso, firmeza e seriedade nessas causas polêmicas envolvendo os servidores, especialmente", afirmou o sindicalista.

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black