Prefeito Daniel cancela compra suspeita de R$ 4,3 milhões em carnes sem licitação

October 12, 2017

               

                    Prefeito Daniel Alonso volta atrás e cancela compra de milhões em carnes sem licitação

 

Após denúncias de irregularidades e muita polêmica, o prefeito Daniel Alonso (PSDB) decidiu cancelar o processo de dispensa de licitação para compra de carne destinada à merenda escolar e entidades assistenciais. Os gastos com a compra de carnes sem licitação foram projetados em cerca de R$ 4,3 milhões. Duas empresas foram contratadas no nebuloso processo, sendo uma delas, a Natormabras Comercial, indicando como endereço a Vila Anastácio, em São Paulo. O valor destinado è esta empresa foi de R$ 2.740.763,00. A outra empresa é a AC da Silva Rebecca, que indicou como endereço um apartamento na Estrada Morro Grande, em Cotia. Para esta empresa, foram reservados R$ 1.644.629,00. O processo de compra sem licitação foi assinado pelo secretário Beto Cavallari (Educação) e Wânia Lombardi (Assistência Social). 

 

 Vereador Luiz Nardi: "Agora, contrataram sem licitação uma empresa para fornecer milhões de reais

em carnes, cujo endereço é um apartamento em Cotia!"

 

O vereador Luiz Eduardo Nardi (PR), abordou a questão na Câmara Municipal e está buscando informações sobre o caso. "Na gestão passada, pessoas ligadas ao atual governo, fizeram um carnaval acusando a Prefeitura de contratar uma empresa para trabalhos de nebulização da Dengue com sede numa cidade do Mato Grosso. Diziam que a empresa nem existia. Chegaram a usar um avião do atual vice-prefeito para ir aquele estado e filmar a sede da empresa. Além disso, orquestraram uma CP na Câmara Municipal e levaram as "denúncias" ao Ministério Público, que apurou o caso e constatou que não havia nenhuma irregularidade. Agora, contrataram sem licitação uma empresa para fornecer milhões de reais em carnes, cujo endereço é um apartamento em Cotia! É preciso investigar isso a fundo, sim", afirmou Nardi. 

 

VEJA A NOTA DA PREFEITURA SOBRE O CANCELAMENTO

"A Prefeitura de Marília informa que a dispensa de licitação para compra de carne está em processo de cancelamento tendo em vista que a excepcionalidade por meio da qual justificava-se a emergência foi suprimida. 

Tal fato ocorreu após concessão de tutela de urgência (liminar) pelo Poder Judiciário em resposta a uma ação proposta pelo município em desfavor da empresa que venceu a concorrência e negava-se a fornecer o gênero alimentício sem justificativas. Tal decisão, favorável ao município, garante o abastecimento suficiente até o término do ano letivo de 2017.

A administração reforça o fato de que a alternativa de compra com dispensa de licitação foi cogitada como  medida de prevenção para evitar a brusca interrupção na rotina da alimentação escolar, fato descartado a partir da decisão judicial favorável ao município que garantiu a entrega do alimento conforme compromisso assumido pela empresa vencedora da concorrência inicial. Portanto, a prefeitura de Marília reitera o compromisso com a transparência e legitimidade dos seus atos visando sempre o bem estar da população por meio da administração eficiente dos recursos públicos.

 

 

 

 

 

Sem mais para o momento, desde já agradecemos a atenção dispensada."

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black