Adolescente tem celular roubado na saída da escola. Ladrões atacam pessoas de dia e de noite em onda de furtos desta natureza

October 13, 2017

Ladrões estão atacando pessoas nas ruas em Marília pra roubar aparelhos celulares. Todos os dias tem pelo menos um caso desta natureza registrado na polícia. Os larápios atacam tanto à noite quanto em plena luz do dia. Nos últimos ataques relatados na CPJ (Central de Polícia Judiciária), um adolescente de 14 anos D.B, ficou sem o aparelho celular (e a carteira com documentos pessoais) ao ser atacado durante o dia, quando deixava a Fundação Bradesco, onde estuda, na Zona Norte da cidade.

Ele caminhava pela calçada da Rua Benedito Alves Delfino, quando foi abordado por trás por um ladrão que, dizendo estar armado e sob ameaças, tomou o celular das mãos do adolescente, bem como exigiu a entrega da carteira. O ladrão usava uma camisa do Corinthians.

Já na Rua José Cimino, o jovem Daniel de Souza, de 22 anos, foi atacado durante a madrugada por um ladrão armado com revólver, que o abordou e fazendo ameaças, roubou o seu aparelho celular. O ladrão fugiu a pé. 

São diversos casos, com pessoas atacadas na área central e nos bairros, inclusive dois casos foram registrados na passarela de acesso ao Jardim Cavallari, na Zona Oeste. No mês passado, foram relatados vários casos onde ladrões usando motocicletas e bicicletas atacaram estudantes na saída das escolas, no horário noturno, roubando celulares. 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black