Associação de moradores recuperou fonte de água na Zona Sul, em parceria com o Daem

October 16, 2017

 

 Fonte de água recuperada por Associação de Moradores em parceria com o Daem, na Zona Sul.

À direita, estado do local antes das reformas

 

Após o Daem iniciar demolições de fontes de água abandonadas pela cidade, conforme divulgado neste domingo pelo JP, a presidente da Associação dos Moradores do Bairro Nova Marília III, Helena Damacena, mostrou o exemplo de uma fonte existente naquela região, que estava abandonada, mas foi recuperada pela entidade, em parceria com o Daem. "Reformamos, porém ainda tem gente que a usa como penico. Sou a favor dos fechamentos porque infelizmente essas fontes são transmissoras de bactérias, já que uma parte da população faz delas depósito de lixo", comentou Helena.

 

                   Helena, presidente da Associação de Moradores na Fonte e ajudando nas reformas

 

                                  Trabalhos de reformas na Fonte beneficiaram moradores na Zona Sul

 

 

DEMOLIÇÕES DE FONTES 

 

     Máquinas do Daem demoliram a Fonte dos Girassóis. À direita, época em que o local tinha manutenção

 

Máquinas do Daem (Departamento de Água e Esgoto de Marília) demoliram neste final de semana a Fonte do Girassóis, localizada na Rua das Orquídeas, no Jardim Marília, Zona Oeste da cidade e a Fonte Riacho Doce, na Rua Mem de Sá, no Bairro Nova Marília, na Zona Sul. 

O diretor do Daem, Marcelo Macedo, disse ao JP neste domingo que as fontes foram demolidas em função de estarem desativadas há muito tempo e servindo como redutos de vandalismo e usuários de drogas.

"Demolimos as fontes que estavam desativadas por conta da contaminação do lençol freático, sem condições de consumo da água. No caso da Fonte dos Girassóis, até o poço estava seco,a água era ligada na rede da rua e a população daquela região já vinha solicitando a demoliçãol", disse Macedo.

 

FONTE RIACHO DOCE

 

         

               Fonte Riacho Doce na época em que era conservada (Foto: Panoramio Ivan Evangelista Jr)

 

Sobre a Fonte Riacho Doce, no Bairro Nova Marília, ele disse que é a mesma situação. "Lá, o esgoto passava na parte de cima. A água estava contaminada e o local servindo apenas para vandalismo e usuários de drogas, também", explicou. 

Macedo disse ainda que o longo período sem manutenção desses locais contribuiu para a deterioração e desativação das fontes de água. Uma engenheira química do Daem fez as análises da água nessas fontes e constatou sua inviabilidade de uso. Outras fontes na mesma situação também deverão ser demolidas pelo Daem. "As que estiverem em condições de uso serão mantidas", finalizou Macedo. As referidas fontes foram construídas nas gestões do ex-prefeito Abelardo Camarinha.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black