PM prende acusado de matar mãe e filho adolescente a tiros, em Garça

November 18, 2017

 

 

Marçal foi preso na tarde deste sábado: ele não aceitava o fim do relacionamento com Érica

O agente de segurança penitenciário Luiz Carlos Marçal, de 40 anos, foi preso por policiais militares da tarde deste sábado (18) quando tentava embarcar na Rodoviária de Marília. Era a tentativa de fuga após cometer um duplo homicídio durante  a madrugada, na cidade de Garça. Marçal carregava a arma usada no crime e foi conduzido à Delegacia de Polícia de Garça. A prisão do acusado foi realizada pelo tenente Rezende cabo Fontana, da PM.

O CASO

                               Érica e Cauê, mãe e filho mortos a tiros em Garça (Reprodução: redes sociais)

A doméstica Érica Caldeira Reis, 38 anos e o filho dela Cauê Caldeira Jacomo, de 17 anos, foram encontrados mortos na madrugada deste sábado (18) na casa onde moravam, no Bairro Labienópolis, em Garça. Os dois foram assassinados com vários tiros e figura como autor o funcionário público Luiz Carlos Marçal, de 40 anos, que trabalha como agente de escolta na Penitenciária de Álvaro de Carvalho.

Segundo informações apuradas pelo site Garça Web, por volta da 1h20 da madrugada, Marçal chegou na casa batendo na porta e na janela. Cauê saiu para ver o que ocorria e foi alvejado com, dois tiros no peito. Em seguida, Érica também foi alvo de disparos. O jovem morrei no corredor da casa e a mulher ainda foi socorrida por uma unidade dos Bombeiros à UPA de Garça, mas não resistiu e morreu. A polícia faz buscar pelo autor do duplo homicídio. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black