Professor de universidade de Lisboa participará de projeto em escola em Marília

November 18, 2017

Professor doutor Sérgio Claudino do Instituto de Geografia e Ordenamento Territorial (IGOT)

da Universidade de Lisboa

 

O professor doutor Sérgio Claudino do Instituto de Geografia e Ordenamento Territorial (IGOT) da Universidade de Lisboa estará em Marília entre os dias 20 e 22 de novembro para uma série de atividades que envolvem educação. O acadêmico vem a convite da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e também participa de atividades em escola estadual do município.

Claudino estará na cidade para participar de atividades de formação de professores na Unesp, promovidas pelo CENEPP (Centro de Estudos e Práticas Pedagógicas da Unesp) local e divulgar o projeto voltado para a educação básica, além de participar da Mesa Redonda de Conjuntura Política e Econômica na União Europeia.

O projeto visitado se chama "Nós Propomos!" que em Marília recebe a denominação de "Projeto Nós-Propomos: Observatório do meio ambiente e educação geográfica em Marília". O objetivo é a formação cidadã e a proposição de ações e intervenções no espaço local.

Na segunda (20) será feito trabalho de campo pela cidade com os estudantes do oitavo ano da Escola Estadual Professora Oracina Correa de Moraes Rodine que mantem parceria com o projeto.

Após o trabalho de campo, os alunos continuarão em atividades por duas semanas para elaboração de propostas de intervenção sobre o espaço urbano, de acordo com as demandas identificadas pelos estudantes na comunidade e em acordo com o Plano Diretor do Município de Marília.

O professor de Geografia Gabriel, da escola estadual Oracina, estudantes do curso de Ciências Sociais do campus local da Unesp, o professor Sérgio Claudino, a professora doutora Andrea Lastória (USP) e professora doutora Sílvia Fernandes (Unesp) acompanharão o trabalho de campo e coordenarão o projeto.

A saída será da escola que fica no Jardim Pérola para observamos dos itambés em dois pontos da cidade, na mesma região da unidades estudantil, e no Parque Bandeirantes, alé de uma área de preservação e recuperação ambiental no campus da Unesp.

No centro de Marília o roteiro elaborado destaca o prédio onde até recentemente funcionava a Biblioteca Municipal, o Museu de Paleontologia, a Prefeitura, o Teatro Municipal, o Senais e as igrejas São Bento e Santo Antônio. 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black