Mudança em regulamento prejudica PM mariliense que conquistou título "Herói Real"

December 2, 2017

 

Após conquistar o título de "Heróis Reais", do Estado de São Paulo, o policial militar mariliense Renato Taroco, pode ser prejudicado com mudanças de regras do concurso para escolha do título "Heróis Reais" em nível nacional.  Taroco obteve mais de 12 mil votos na conquista do título estadual.

Isso porque, pelo regulamento do promotor do evento, Marcos do Val (especialista em segurança) a escolha do "Herói Real Nacional", seria feita por um comissão que avaliou e escolheu os vencedores regionais, composta por especialistas da área de segurança e não por votação popular via internet. Mas, com a  mudança repentina nas regras, a escolha em nível nacional será feita por votação popular. Como Taroco obteve cerca de 12 mil votos e concorrentes de outras quatro regiões do Brasil (com maior população) obtiveram até 90 mil votos, é óbvio que será muito difícil para o policial militar mariliense quebrar estas marcas. Como o texto do regulamento não está muito claro, o caso está discutido com os organizadores da promoção.

 

VEJA AQUI O RELATO DO  POLICIAL RENATO TAROCO

 

 

 

              Regulamento previa escolha do "Herói Nacional" por comissão e não votação popular

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black