Justiça condena Nelsão do megafone por ofensas ao então vereador Goda. Pena é de 1 mês e 23 dias de detenção

December 8, 2017

 

             Nelsão do megafone e o ex-vereador José Bassiga, o Goda: "vou te pegar até no c. do diabo"

 

O pintor e ativista social Nelson Alves da Silva, o Nelsão do megafone, foi condenado pela Justiça Estadual em Marília a cumprir 1 mês e 23 dias de detenção no regime semiaberto, por ofensas ao então vereador José Bassiga da Cruz, o Goda.

A sentença foi e emitida pelo juiz da José Augusto de Franca Júnior, da 1ª Vara Criminal do Fórum de Marília. Conforme consta nos autos, em abril e maio de 2015, por meio do Facebook, Nelsão injuriou o vereador, imputando-lhe fatos ofensivos à sua dignidade ou decoro, na sua condição de servidor público e por meio que facilitou a divulgação da injúria.

Consta ainda que, em 17 de junho de 2015, por volta de 9h30, na Câmara de Marília, o acusado ameaçou verbalmente de "pegar até no inferno, matar e acabar com o vereador", que registrou queixa na Polícia Civil. O acusado ainda proferiu ofensas em relação à sexualidade do edil.

Em seu depoimento, Nelsão confirmou ter dito: “eu vou te pegar onde você estiver, eu vou te pegar no inferno, até no c. do diabo”. Porém, justificou que as alegações referiam-se a pegar o vereador no sentido de ir a público cobrar providências acerca da atuação dele como legislador e "que cobra políticas públicas e direitos sociais do povo que representa".

Na sentença condenatória, o magistrado citou que "o réu é portador de maus antecedentes e ainda há a presença da agravante da reincidência", citou o magistrado. 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black