Conselheiros tutelares ainda não receberam a segunda parcela do 13° salário. Secretário da Fazenda diz desconhecer o caso

January 3, 2018

Os dez conselheiros do Conselho Tutelar de Marília ainda não receberam a segunda parcela do 13° salário. O JP apurou que integrantes da categorias estiveram pessoalmente no setor de Recursos Humanos da Prefeitura na manhã da quinta-feira (28) antes do Natal e receberam a informação que o depósito da segunda parcela do 13° salário deveria ser depositada naquele dia. A primeira parcela os conselheiros receberam na data do aniversário. Cada conselheiro ganha, líquido, cerca de R$ 2,7 mil mensais. 

Uma conselheira disse ao JP que considera "uma falta de respeito" o não pagamento do benefício, em dezembro. "Todos os demais servidores receberam e nós não recebemos. Passamos o Natal e o Ano Novo de plantão 24h e sem receber o 13°. Lamentável esse descaso com o Conselho Tutelar, pois férias e 13° são garantidos por lei para nós", reclamou.

Em 2016, gestão de Vinícius Camarinha, o pagamento da segunda parcela do 13° salário dos conselheiros tutelares também atrasou e eles só receberam o benefício no quinto dia útil de janeiro de 2017. 

O Conselho Tutelar, vinculado à secretaria municipal de Assistência Social, é mantido pela prefeitura com recursos federais repassados através da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Possui dez conselheiros eleitos em 2015 para um mandato de três anos, divididos em dois grupos que atendem, teoricamente, 100 mil habitantes cada um.

É um órgão permanente e autônomo, eleito pela sociedade para zelar pelos direitos das crianças e dos adolescentes. Os conselheiros, que atuam pessoalmente no órgão e sob plantão 24h por dia, acompanham os menores em situação de risco e decidem em conjunto sobre qual medida de proteção para cada caso. Em média, são realizados cerca de 30 mil atendimentos por ano, em Marília. 

Procurado pelo JP, o secretário municipal da Fazenda, Levi Gomes, disse desconhecer o atraso do pagamento da segunda parcela do 13° dos conselheiros tutelares de Marília. "Como é verba de repasse, não tenho acesso direto. Mas amanhã (quinta-feira) posso verificar essa questão", afirmou. 

 

 

 

 

4

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black