Justiça Eleitoral rejeita ação de Vinícius contra Daniel. Candidato derrotado reclamou de abusos na campanha eleitoral

February 2, 2018

Apontando  como insuficientes as provas juntadas aos autos e a não configuração de crimes, a Justiça Eleitoral da 70ª Zona em Marília, rejeitou uma ação de investigação eleitoral movida pelo candidato à reeleição derrotado em 2016, ex-prefeito Vinícius Camarinha (PSB), contra o então candidato e atual prefeito, Daniel Alonso (PSDB).

Na ação, o candidato do PSB apontava que o tucano havia cometido abuso de poder econômico e político, além do uso indevido de meios de comunicação, na campanha eleitoral de 2016, ao veicular vídeos e propaganda eleitoral em redes sociais, como o Facebook e o Instagram. o que teria "provocado desiquilíbrio na disputa".

Vinícius reclamou também de propagandas e carreatas com caminhões da Casa Sol durante a campanha, que teriam beneficiado Daniel Alonso. 

A Justiça Eleitoral entendeu que o uso de caminhões da empresa, utilizados para transporte de carga, "refere-se à atividade econômica do candidato e não abuso de poder econômico".

Sobre as mídias e vídeos, a sentença aponta que "não se demonstrou qualquer indício de que livres e conscientes atuaram de moda a favorecer ou prejudicar candidato ou coligação". Cabe recurso à decisão.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle

© 2017 por "JP. Povo