RADAR NOVO

February 15, 2018

 

 

ROLO DOS RADARES SERÁ VOTADO NA CÂMARA, HOJE

Deverá ser votado na sessão camarária desta quinta-feira (15) o projeto de lei de autoria do vereador Wilson Damasceno (PSDB), que proíbe a Emdurb de terceirizar serviços de radares nas ruas de Marília. Os serviços (locação) custarão R$ 2,1 milhões e estarão a cargo de uma empresa de São Paulo.

O projeto deveria ter sido votado em dezembro passado, mas foi adiado após pedido de vistas do vereador e líder do prefeito, Marcos Rezende (PDS). Voltou à pauta na sessão da semana passada, mas foi novamente adiado após pedido de vistas pela vereadora professora Daniela D'Ávila (PR).

 

DERROTAS

Pelos discursos de vereadores na tribuna da Câmara, na semana passada, o tal projeto deverá ser rejeitado. Um pedido de liminar de Damasceno para suspender licitação já finalizada pela Emdurb para contratação de empresa e instalação dos radares, também já foi rejeitado pelo Tribunal de Contas do Estado. Caso confirmada a rejeição do projeto de lei, amanhã, será a segunda derrota de Damasceno em ações contra os interesses do governo de Daniel Alonso (PSDB). 

 

PARENTE EM CARGO COMISSIONADO NA EMDURB

Wilson Damasceno está em rota de colisão com a diretoria da Emdurb, apesar das relações com a autarquia. O senhor Newton Assis Pinto, que vem a ser pai do genro de Damasceno, ocupa um cargo comissionado na Emdurb, na função de Chefe de Processamento de Dados. 

 

ORELHÃO PERIGOSO

Olha que matagal junto a esse orelhão, localizado em uma área pública em Marília! Quem for usá-lo corre o risco de não sair "Vivo", caso surja uma onça ou cobra venenosa.

 

$ANTA CASA DE MARÍLIA INVESTE NA SAÚDE...EM SÃO CARLOS!!!

Continua estranho o fato divulgado com exclusividade pelo JP, sobre a Santa Casa de Marília assumir atendimentos médicos da Santa Casa de São Carlos (a 271 quilômetros de Marília). Ninguém da diretoria da instituição em Marília explica esse rolo. A Santa Casa de Marília recebe milhões de repasses do SUS, além de verbas de emendas de diversos deputados e verbas diretas da Prefeitura, mas os portões da entidade são fechados para pacientes do SUS, especialmente na área ambulatorial. Como pode investir para atender pacientes em São Carlos?! Como foi acertado isso?

 

AQUI O POVO PAGA R$ 170 POR CONSULTA DENTRO DA $ANTA CASA

Aqui na $anta Casa de Marília, quem quiser ser atendido na área ambulatorial é obrigado a pagar R$ 170 por uma consulta (fora medicamentos e exames) no tal "Pronto $ocorro" particular montado dentro do prédio da $anta Casa. Na portaria da instituição só passa paciente do SUS. Alguém já viu ambulâncias do SUS lá dentro? Só entra da Unimed e planos particulares. 

Mas, a $anta Casa Marília decidiu assumir os atendimentos médicos na Santa Casa de São Carlos. Muito estranho isso!!!

 

"SÓ FALTAM DOIS CARNAVAIS..."

A frase é do deputado e ex-prefeito Abelardo Camarinha (PSB), sobre o tempo da gestão de Daniel Alonso (PSDB). O parlamentar vem centrando fogo na atual administração praticamente todos os dias, especialmente nos microfones do "Jornal da 950", que tem como âncora o comunicador José Henrique.

Hoje, mais uma vez, Camarinha desceu o pau "nos abusivos e ilegais aumentos do IPTU, na cobrança de IPTU de aposentados" e "no vergonhoso escândalo da perda de oito mil toneladas de carnes que foram estragadas na Cozinha Piloto". 

O deputado cobrou a provação da CPI da Carne Estragada, que será votada hoje na Câmara Municipal e disse que "é preciso apurar quem levou vantagem na compra de tanta carne para a merenda escolar próximo do recesso escolar. Quanto pagaram, quanto ganharam nisso?", questionou Camarinha. 

 

DENÚNCIA DE SERVIDORA VIROU ABERTURA DE SINDICÂNCIA

A Corregedoria Geral do Município abriu Sindicância para apurar informação sobre irregularidades na gravação de vídeo, no qual uma pessoa manuseia resíduos retirados de carne, a ser consumida no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo (CRAS), na Zona Sul da cidade. A pessoa em questão é a servidora Ana Paula Cardoso.

A publicação da Sindicância cita que a mesma destina-se a apurar eventual responsabilidade funcional e que "a servidora em questão, supostamente publicou vídeo não autorizado de seu local de trabalho, o que ocasionou um desgaste a imagem dos serviços prestados pela Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social". 

 

SERVIDORA APONTA PERSEGUIÇÃO

Ana Paula alegou ao JP que a abertura da referida Sindicância é "perseguição do atual governo", pois publicou o vídeo apenas para "mostrar as condições precárias e os riscos da carne então fornecida no CRAS e alertar para providências". 

Ela comparou o seu caso ao de um motorista da Central de Ambulâncias, que virou alvo de Sindicância após publicar vídeo mostrando a precariedade de uma Kombi usada para transporte de pacientes. 

Ana Paula é irmã do ex-secretário municipal de Assuntos Estratégicos, Eduardo Cardoso, o Barata, que atuou na gestão passada.

 

SECRETÁRIA NEGA

A secretária municipal da Assistência Social, Wânia Lombardi, disse ao JP que "não há perseguição" no caso da Sindicância relativa à servidora Ana Paula Cardoso. "Não interferimos em nenhum caso dessa natureza. A Corregedoria é um órgão externo e autônomo", explicou.

 

VEREADORES E O CÓDIGO DE ÉTICA DOS SERVIDORES

No ano passado, a Câmara Municipal anunciou que formaria uma comissão para "estudar" o Código de Ética dos Servidores e a atuação da Corregedoria Geral do Município, criados na gestão passada, dando a entender que haveria uma "freada" nas aberturas de sindicâncias contra servidores. Os vereadores se mexeram nesse sentido após a abertura de sindicância contra uma servidora do Daem, que teria enviado mensagens pelo whatsapp em horário de expediente, comentando ações do Departamento. EM TEMPO: não foi iniciado nenhum "estudo" e a corregedora-chefe do Município, Walquíria Galo, foi promovida por méritos. 

 

VINÍCIUS REPROVADO EM GESTÃO PÚBLICA

O ex-prefeito Vinícius prestou vestibular para o curso de Gestão Pública no polo da Univesp, em Marília. Não passou. Ficou na 98ª classificação. Foram disponibilizadas 50 vagas. Ficou feio para o ex-prefeito, que teve sua famigerada gestão reprovada nas urnas, em 2016.

 

MALUF NAS MÃOS DE TOFFOLI

Segue nas mãos do ministro mariliense, Dias Toffoli, o pedido para soltura do corrupto deputado Paulo Maluf (PP), recolhido na Papuda. Advogados alegam que o lendário larápio tem mais de 86 anos e câncer. Pedem prisão domiciliar para o malandro. EM TEMPO: e enquanto estava mamando polpudos salários e outras benesses (mais de R$ 140 mil por mês) na Câmara dos Deputados, o malandro não reclamava de nada e estava bem de saúde. O certo é deixar esse verme apodrecer na cadeia. Quer sair? Devolva o que roubou! Simples assim. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black