Prefeito Daniel Alonso faz retaliação à aprovação de proposta Damasceno e promove avalanche de exonerações de cargos comissionados indicados por vereadores

February 16, 2018

 Prefeito Daniel Alonso exonerou cargos comissionados na Prefeitura que eram ocupados por parentes do presidente da Câmara, Wilson Damasceno: pai do genro e cunhada dele cairam fora do governo

 

Um dia após a Câmara de Marília ter aprovado um substitutivo a um projeto de lei do presidente da Casa, Wilson Alves Damasceno, que impede a terceirização de radares em Marília, o Diário Oficial do Município traz uma avalanche de exonerações de ocupantes de cargos comissionados, São pelo menos, por enquanto, 31 exonerados, entre subprefeitos e coordenadores de diversas secretarias. Praticamente toda a cúpula do PSDB que ocupava cargos comissionados na Prefeitura foi exonerada.

A justificativa "oficial" do prefeito Daniel Alonso !PSDB) é "economia". Mas, na verdade, trata-se de uma imediata retaliação da Prefeitura aos vereadores "aliados" que votaram a favor da proibição da terceirização dos radares e contra os interesses da Emdurb e do prefeito Daniel Alonso.

Somente na Emdurb, foram exonerados 5 ocupantes de cargos comissionados, entre eles Newton de Assis Pinto, pai do genro de Damasceno. Regiane Martins Rodrigues Sarmento, cunhada de Damasceno, que ocupava um cargo comissionado na secretaria municipal da Saúde também foi exonerada. 

         Galette e João do Bar foram os mais retaliados com exonerações de cargos comissionados

 

A maioria dos cargos exonerados hoje são vinculados a vereadores, como Sandro Spadoto, coordenador da secretaria de Limpeza Pública e presidente local do PHS.

Nesta quinta-feira (15), ele foi procurado por "alta patentes" da Prefeitura e pressionado a convencer o vereador João do Bar (PHS) a votar contra o projeto de Damasceno. O vereador votou a favor.

Outro que foi bastante pressionado pelo "primeiro escalão" foi o vereador Evandro Galette (Podemos). Ele recebeu a determinação: "ou é nosso amigo ou nosso inimigo".

Na tribuna da Câmara, durante a sessão desta quinta-feira, Galette deu o recado em tom áspero: "não me rendo à ameaças de ninguém". Também votou a favor do projeto de Damasceno e teve vários indicados seus para cargos comissionados na Prefeitura exonerados. Inclusive o subprefeito de Avencas, Milton dos Santos, nomeado recentemente, por indicação de Galette.

Após serem "pressionados" pelo alto escalão da Prefeitura, ontem, Galette e João do Bar comunicaram o fato ao presidente da Câmara e autor do projeto, Wilson Damasceno (PSDB), que os orientou a manterem firme suas posições e "fazer valer a força do Legislativo".

Outro vereador que comentou a "ação" da Prefeitura na sessão foi o vereador José Luiz Queiroz (PSDB), citando em seu discurso "a pressão sobre vereadores". 

Os votos de João do Bar e Galette foram decisivos para a aprovação do projeto de Damasceno. Na tarde de ontem, o JP encaminhou mensagens via whatssap aos dois vereadores, questionando a pressão da Prefeitura e ameaças de exonerações de cargos comissionados indicados por eles. Não responderam as indagações. 

O presidente da Emdurb, Valdeci Fogaça de Oliveira, que havia mantido contato pessoal com vereadores, "solicitando" apoio para rejeitar a proposta de Damasceno, acompanhou a sessão das galerias. 

A Emdurb já tinha realizado a licitação para instalação de radares terceirizados em Marília, ao custo de R$ 2,1 milhões. A empresa vencedora chegou a realizar testes com equipamentos instalados na Avenida Sampaio Vidal. 

Mas, com a aprovação do projeto de Damasceno pela Câmara, ontem, foi tudo por água abaixo. A Prefeitura pode ingressar com ação na Justiça para derrubar a "proibição" aprovada pela Câmara, como já fez em relação a um projeto de lei que proibia radares em Marília, de autoria do vereador José Carlos Albuquerque. 

 

 Valdeci Fogaça, presidente da Emdurb e o prefeito Daniel: limpeza de cargos comissionados na Emdurb, inclusive o pai do genro de Wilson Damasceno

 

RELAÇÃO DOS EXONERADOS

Subprefeito do Distrito de Amadeu Amaral C-3 Eduardo de Oliveira Lopes Subprefeito do Distrito de Avencas C-3 Milton dos Santos 
Coordenador de Projetos Viários C-2 Natália Lima Chaves III

Coordenador da Administração C-2 Atalita Martins da Silva Pereira 
Coordenador de Transportes C-2 Fabiano Benedito Daquino Assessor de Controle de Manutenção Escolar C-2 Luis Carlos dos Santos Chagas

Coordenador da Cultura C-2 Leandro dos Santos Ramos Encarregado do Centro Cultural e de Lazer C-3 Luis Carlos Ferreira 

Coordenador de Serviços Diversos da Secretaria Municipal da Saúde C-2 Regiane Martins Rodrigues Sarmento 

Coordenador de Serviços Diversos da Secretaria Municipal da Saúde  C-2 Alexandre Galeti 

Assessor Administrativo da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social 
C-2 Matheus Panssonato da Silva 
Coordenador de Assistência e Desenvolvimento Social C-2 João Carlos Teixeira Louro Coordenador de Assistência e Desenvolvimento Social C-2 Isabela Betine Guilen Lopes Coordenador de Assistência e Desenvolvimento Social C-2 Dirceu Frederico Junior 
Coordenador de Serviços Diversos da Secretaria Municipal de Obras Públicas C-2 Aristeu Fernandes dos Reis

Coordenador da Agricultura, Pecuária e Abastecimento C-2 Natal José Esquinelato Coordenador da Agricultura, Pecuária e Abastecimento C-2 Antonio Fernando Scalco Coordenador da Agricultura, Pecuária e Abastecimento C-2 Edmeire de Souza 

Coordenador de Assuntos do Trabalho C-2 Carlos Roberto Rapini Coordenador de Assuntos do Trabalho C-2 Gleides Maria de Lima Tucilio 
Assessor Técnico Especial da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e de Limpeza Pública C-1A Sandro Eduardo Espadoto Coordenador do Meio Ambiente C-2 Romão Batista da Paz Coordenador de Gestão de Resíduos Sólidos C-2 Marco Antonio Barbosa Ribeiro

Assessor Especial da Secretaria Municipal de Direitos Humanos 
C-1A Rodrigo Porto 
Coordenador de Políticas para as Pessoas com Deficiência C-2 Maria Isabel Nóbrega Zelante Maryssael de Campos Coordenador de Políticas para os Idosos C-2 Sara Luiz Barbosa da Silva 

CARGOS DA EMDURB
Diretor Jurídico C-1A Marlon Francisco dos Santos Chefe de Fiscalização C-2 Milton Bernabe dos Santos Encarregado de Fiscalização C-3 Eduardo Pires Gonçales Chefe do Complexo de Trânsito C-2 Eufrásio Aranão Chefe de Processamento de Dados C-2 Newton de Assis Pinto

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black