Caso de homem amarrado e queimado em casa, hoje, tem muitas semelhanças com outro caso de homicídio, no dia de Natal

February 22, 2018

      Luiz Valentim e viaturas na casa onde ele foi assassinado, no dia de Natal (Fotos: redes sociais)

 

As circunstâncias em que um homem de 47 anos foi encontrado morto em sua casa, na madrugada desta quinta-feira (22), remetem a um outro caso muito semelhante, ocorrido há cerca de dois meses (no dia de Natal de 2017), na Avenida República esquina com a Rua José Bonifácio, Vila Palmital e vitimou um homem de 50 anos. 

A vítima de hoje foi Silvio Cesar Soares Júlio, de 47 anos e no caso anterior, Luis Valentin Cardoso, de 50 anos, que vendia cartelas do Hiper Saúde. 

Nos dois casos, as vítimas moravam sozinhas. Nos dois casos, foram encontradas em posição de decúbito dorsal (deitadas de costas). No caso de hoje, a vítima foi encontrada carbonizada, deitada na sala, com as mãos e os pés amarrados e um jaqueta parcialmente queimada, cobrindo seu rosto. Diz a mística policial que o fato de cobrir o rosto indica que a vítima conhecia o assassino.

No caso de hoje, houve incêndio criminoso na casa. No caso anterior, o assassino abriu a torneira do gás e fugiu. Ao sentirem o forte cheiro de gás, vizinhos acionaram os Bombeiros e a Polícia.  Valentim foi encontrado caído com agressões a facadas pelo corpo no chão do banheiro. 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black