Toffoli libera pauta e restrição do foro privilegiado de políticos voltará a julgamento no STF

O ministro mariliense Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, liberou a pauta e disponibilizou para julgamento em plenário  a ação que discute restrição ao foro privilegiado.

O foro por prerrogativa de função, o chamado "foro privilegiado", é o direito que têm, entre outras autoridades, presidente, ministros, senadores e deputados federais de serem julgados somente pelo Supremo.

A ação que trata do alcance do foro privilegiado começou a ser julgada no ano passado pelo Supremo.

A maioria da Corte já votou por limitar a prerrogativa, mas pedidos de vista (mais tempo para analisar o caso) têm sido apresentados por ministros.

Em novembro, por exemplo, quando o julgamento foi retomado, Toffoli pediu vista e, com isso, somente quando ele liberar o voto é que o julgamento será retomado.

Sobre quando o caso será levado a plenário, Toffoli respondeu: "Aí cabe à presidente do Supremo Tribunal Federal pautar."Como Cármen Lúcia já decidiu a pauta de abril, o fim do foro pode ser incluído somente na pauta da Corte de maio.Ministros da Corte ouvidos pelo blog não descartam um novo pedido de vista do processo, o que adiaria pela terceira vez o resultado final.Além de Toffoli, faltam votar os ministros Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black