Ladrões atacam e roubam molecada na região dos ricos e escolas na periferia

March 26, 2018

Após o roubo do celular Moto J2 Play de um garoto de 15 anos, por um elemento (que foi preso, mas o aparelho não recuperado) armado com faca, na noite de sábado na Avenida das Esmeraldas, foi registrada queixa na CPJ, dando conta que outro ladrão atacou o menino P.H.C, de 14 anos, na mesma região (só que na Avenida Tiradentes), também na noite sábado.

Sob ameaças, o larápio empurrou o garoto e fugiu com sua bicicleta SK de 27 marchas. A vítima prestou queixa na CPJ e lembrou apenas que o ladrão era pardo e tinha uns 30 anos de idade. 

ATAQUE EM ESCOLAS

Dois meses após diversos furtos em escolas, ladrões voltaram a atacar esse tipo de estabelecimento em Marília. No sábado, invadiram a Emei Sítio do Pica Pau Amarelo, no Jardim Califórnia, na Zona Oeste, arrombaram portas e levaram diversos produtos e mantimentos. O local está em obras.

Já na madrugada do domingo (25), larápios invadiram a Escola Estadual "José Alfredo de Almeida", na Zona Sul e furtaram seis torneiras inox e o motor de um bebedouro de água. Uma empresa de segurança que monitora o local informou que o alarme da escola disparou por volta das 3h da madrugada, mas não conseguiu impedir o furto.

A mesma escola já havia sido alvo da bandidagem em janeiro deste ano, quando levaram quatro torneiras do bebedouro coletivo da escola.

OUTROS FURTOS EM ESCOLAS

Em janeiro deste ano, ladrões atacaram quatro escolas estaduais em Marília. Da Escola Estadual "Abel Augusto Fragata", localizada na Rua Aimorés, Bairro Salgado Filho, na Zona Oeste, após arrombarem portas de salas de aulas, refeitório e outras repartições, furtaram um extintor de incêndio, diversos produtos de higiene e pacotes de papel higiênico.

Na EEPG "Professora Maria Cecília Ferraz de Freitas", na Rua João Batista Marinho, no Bairro Nova Marília, Zona Sul, furtaram nove torneiras dos bebedouro instalado no pátio da escola. 

Também foi atacada a Escola Estadual "Professor Antonio Gomes de Oliveira", localizada na Rua Nicolino Roseli, no Bairro Bassan, na Zona Oeste. De lá, furtaram 25 metros de fiação elétrica, dois botijões de gás e quatro torneiras de pressão cromadas que estavam instaladas no bebedouro..

Outro furto registrado foi na Escola Estadual "José Alfredo de Almeida", localizada na Rua Tomé de Souza, no Jardim Continental, Zona Sul, meliantes também invadiram o pátio da escola e furtaram quatro torneiras do bebedouro.

Todos os casos foram registrados na CPJ. A polícia vai investigar se os quatro ataques em escolas estaduais, em diversas regiões da cidade, foram orquestrados pelos mesmos ladrões. As escolas estaduais não têm vigias e algumas nem sistemas eletrônicos de segurança.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black