Toffoli concede liminar e libera candidatura do corrupto ex-senador Demóstenes Torres

 

Uma liminar, concedida pelo ministro mariliense Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF) permite a candidatura do ex-senador Demóstenes Torres nas eleições deste ano. A decisão de Toffli suspende a inelegibilidade do político. O magistrado atendeu parcialmente um pedido da defesa para suspender os efeitos de uma sessão que ocorreu em 2012, que cassou o mandato de Demóstenes.

Ao recorrer da decisão dos parlamentares, Demóstenes solicitou que ele tivesse direito a voltar o cargo de senador da República, o que foi negado. Com base no entendimento do ministro do Supremo, o advogado do ex-parlamentar pretende solicitar ao Senado que ela volte a ocupar o cargo. 

Acusado de desvios éticos, Demóstenes perdeu o cargo em julho de 2012, por 56 votos a favor, 19 contra e 05 abstenções. Ele foi acusado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público de ter relações com o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Ele foi inocentado em 2014 das acusações de enriquecimento ilícito. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black