Trote Solidário da Unimar estimula ação social e visa atender toda a rede escolar

April 14, 2018

 

     Fernando Martins (camisa escura), diretor de Marketing da Unimar participando do Trote Solidário

 

Durante a realização do Trote Solidário promovido pela Unimar (Universidade de Marília), neste sábado na Escola Estadual "José Alfredo de Almeida", o diretor de Marketing da instituição, Fernando Martins, falou ao JP sobre os objetivos do evento.

"A meta da Unimar é estender esse projeto para todas as escolas da Rede Estadual, numa parceria da Universidade com a comunidade, no segmento estudantil. Como estamos vendo hoje, um ambiente de interação plenamente saudável, alegre e produtivo, com foco na ação social".

O Trote Solidário envolveu cerca de 150 pessoas, entre professores, coordenadores, alunos veteranos e ingressantes, que participaram da revitalização da Escola Estadual , localizada na Zona Sul de Marília, que atende 410 alunos da 6ª Sério ao terceiro ano do Ensino Médio.

 

O evento surgiu a partir da ideia de se integrar os acadêmicos, docentes e a comunidade incentivando práticas sociais e conscientizando quanto aos malefícios do trote violento. 

Os representantes da Unimar realizam diversos serviços da Escola, como capinação, jardinagem, plantação de árvores, pinturas e grafites e hortas para produção de alimentos que serão utilizados pela própria Escola e outros serviços de revitalização. 

A pró-reitora de Ação Social da Unimar, Fernanda Mesquita Serva, também acompanhou as atividades. "Hoje demos um importante passo na consolidação desse projeto, que ajuda a integrar os alunos ao ambiente onde estudam e valorizar a espaço onde desenvolvem o aprendizado. Sempre com a contribuição e participação de profissionais dos curso da Unimar, na modalidade extensão da Universidade, como o escritório modelo de Arquitetura e atividades do curso de Ciências Agrárias, que estão aqui hoje", explicou. 

 

Com esta iniciativa, a Unimar tornou-se referência de integração comunitária, especialmente com os candidatos aprovados nos vestibulares e que tornam-se novos alunos da Universidade.

A iniciativa colocou fim, no âmbito da Unimar, aos tradicionais e reprováveis trotes de rua, onde jovens ficavam pintados em semáforos pedindo gorjetas, enquanto os veteranos pegavam o dinheiro arrecadado para comprar bebidas alcoólicas. 

"Essas atividades da Unimar, que está integrada à nossa Escola também em estágios de acadêmicos, é fundamental para integração dos alunos e de toda a comunidade, com valorização do espaço", disse a diretora da Escola, Maria Fernanda Pereira. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black
  • Facebook - White Circle
  • Tumblr - White Circle
  • Twitter - White Circle
Anuncie aqui!!!
14 99797-5612

© 2017 por "JP. Povo