Palestra para surdos sobre Aids e outras doenças sexuais acontecerá nesta terça-feira, na sede da OAB, em Marília

April 23, 2018

Será realizada a partir das 19h desta terça-feira (24), na subsede da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Marília (Rua Gonçalves Dias, 440), uma palestra gratuita, com foco na prevenção de Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis.

 

A organizadora do evento, Vanessa Isídio Teodoro Dias, que é coordenadora do Conselho Tutelar 1 em Marília, disse ao JP que o objetivo é criar um olhar para as pessoas com surdez. "Esse público está à margem das orientações e precisamos formar canais de comunicação com os deficientes auditivos e os portadores do problema, que são aqueles que nasceram surdos.Pessoas que necessitam de acesso aos mesmos direitos, com respeito às suas necessidades e acolhimento na sociedade", explicou.

Ela disse que as dificuldades de comunicação e orientação começam nas casas, no seio familiar, onde muitas vezes há filhos ou pais com deficiência auditiva. "Aí, surgem os problemas sociais e de abusos".  

A palestra com interpretação em Libras é resultado do diálogo entre o Poder Público e lideranças que atuam em defesa da inclusão. O primeiro tema foca uma das urgências em relação à Educação em Saúde. A parceria já discute outros assuntos relevantes, que também necessitam de tradução para chegar a esta parcela da população.

Na quarta-feira (25), haverá plantão especial, a partir das 19h, no SAE (Serviço de Assistência Especializada), para atender, orientar e realizar testes rápidos para HIV, Sífilis e Hepatites. aos portadores de surdez. Um ônibus será colocado à disposição para levar os portadores de surdez até o SAE (na Rua 7 de Setembro, 716 (telefone 3413-7421). 

Não há estatísticas sobre a quantidade de surdos em Marília. Nos últimos levantamentos desta natureza, em 2005, foram identificadas cerca de 4 mil pessoas nessas condições aqui na cidade. 

"Também não há uma legislação específica para esse público. Apenas uma Lei, de autoria do ex-vereador Eduardo Nascimento, que inseriu intérpretes nas transmissões da TV Câmara. Há necessidade de maior envolvimento com a causa, pois são poucas pessoas atuando nesse sentido, como voluntários. Também é preciso mais entidades, igrejas e segmentos no trabalho de inclusão", disse Vanessa.

INTÉRPRETES

A enfermeira Alessandra Pereira, coordenadora do Programa de Prevenção às IST/Aids da Secretaria Municipal da Saúde, disse que está sendo feito um trabalho muito sério de envolvimento e comprometimento dos intérpretes.

"Eles estarão ao nosso lado nesta oportunidade dos testes, participando das entrevistas e da comunicação do resultado. Por isso, podemos dizer que essa iniciativa é pioneira, quebra tabu e busca uma população que tinha muita dificuldade em se aproximar por conta da barreira da comunicação”, explicou.

OFICINA

 

Na última terça-feira (17), quase 30 intérpretes de Marília participaram de uma oficina na sede da Secretaria, com a equipe do SAE e coordenação do programa.

O objetivo, conforme destacou a enfermeira Jucilene Maria Silva Nascimento, gerente do SAE, foi transmitir os conhecimentos essenciais aos falantes de Libras, em preparação para o acolhimento aos surdos. “Foi um momento muito especial, em que pudemos nos conhecer, trocar informações, discutir propósitos e traçar estratégias”, afirmou.

A educadora Célia Pavarini da Silva, docente de Língua Brasileira de Sinais da Unimar, foi uma das participantes. Ela destacou o diálogo como imprescindível. “Há urgente necessidade de comunicação dos órgãos públicos com as pessoas surdas. Eles não encontram, infelizmente, ninguém para dialogar do lado de cá (em referência ao serviço público) porque a inclusão ainda está no papel. Isso é muito triste e precisa acabar”, destacou Célia.

SERVIÇO

O público-alvo da palestra que será realizada na OAB é a população adulta com surdez, independente de idade. Para participar, basta comparecer. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone do SAE, no (14) 3413-7421 ou 3451-2939.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black