TRAGÉDIA NA REGIÃO: colisão na SP-294 mata quatro pessoas. Entre elas, mãe e filha. Uma vítima segue em estado grave

May 5, 2018

                         Carros ficaram destruídos ( Foto: Reprodução/Site Ailtom Ribeiro)

 

Quatro pessoas morreram (entre elas mãe e filha) e uma ficou ferida após envolverem-se em um trágico acidente na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), altura de Flórida Paulista, na noite desta sexta-feira (4). O acidente foi no trecho entre Flórida e Pacaembu.
Em circunstâncias a apurar, o acidente envolveu dois veículos, sendo um GM Vectra, placas de Flórida Paulista, e um VW Voyage, de Tupi Paulista. Houve o choque entre os dois automóveis – destruindo ambos os veículos – seguido de incêndio que atingiu o Voyage. Com a tragédia, a rodovia ficou parcialmente interditada, para a remoção das vítimas e o registro pericial pela Polícia Científica.
Quatro vítimas morreram no próprio local e uma quinta vítima foi socorrida em estado grave, que foi transferida para a Santa Casa de Pacaembu, para o suporte inicial. As vítimas fatais eram ocupantes do carro com placas de Tupi Paulista, que ficaram presas às ferragens. A remoção dos corpos, pelos Bombeiros, levou cerca de duas horas.

 

Quatro vítimas fatais, de Tupi Paulista: Maria Inês da Silva (advogada da Prefeitura de Tupi Paulista) sua filha Rosana, Paulo Azevedo (namorado de Rosana) e José Gilberto da Silva (irmão da advogada).


O caso mobilizou a equipe da Base Operacional da Polícia Militar Rodoviária de Adamantina, equipe de policiamento de área da PM, as equipes do Corpo de Bombeiros de Adamantina e Osvaldo Cruz, e a equipe do GRAU (Grupo de Resgate e Atendimento às Urgências), deslocado de Presidente Prudente para o atendimento. A equipe do DER também foi mobilizada para o local.
Um inquérito policial deve apurar as circunstâncias do acidente. Laudos periciais da Polícia Científica sobre o local da tragédia e as características dos veículos, e do Instituto Médico Legal (IML), acerca das vítimas, vai subsidiar as investigações.

Mortos eram de Tupi Paulista

Segundo o blog Panorama Notícias, as quatro vítimas fatais eram moradoras de Tupi Paulista: Maria Inês da Silva (advogada da Prefeitura de Tupi Paulista) sua filha Rosana, José Gilberto da Silva (irmão da advogada) e Paulo Azevedo (namorado de Rosana).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black