Mulher de 37 anos que morreu com tiro no abdómem foi vítima de suicídio. Era esposa de um policial reformado e usou a arma dele

May 23, 2018

 

Maria Luiza Tramarim, de 37 anos, morreu no início da noite desta terça-feira (22), após dar entrada na UPA da Zona Norte com um ferimento a bala no abdómem.

Durante o atendimento, a vítima morreu. Segundo o Boletim de Ocorrência, a mulher, que residia no Bairro Santa Antonieta, teria sido vítima de suicídio. Ela era esposa de um policial militar da reserva e usou a arma dele, uma pistola .40. O marido disse que ela vinha fazendo tratamento para depressão. Deixou dois filhos menores. O policial socorreu a esposa e a encaminhou até a UPA.

A Polícia Civil registrou o caso como suicídio, mas segue investigando as circunstâncias. Foram colhidos materiais residuográficos da mulher e do policial. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black