Ato em Marília, domingo, vai lançar a pré-candidatura de Lula a presidente

May 24, 2018

 

 

   Lançamento da pré-candidatura de Lula será na Praça da Bíblia, em Marília

 

Integrantes do Diretório do Partido dos Trabalhadores (PT) e simpatizantes do partido farão um ato de lançamento da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República, às eleições de outubro próximo. 

O manifesto ocorrerá a partir das 9h, na Praça da Bíblia, localizada na Avenida Sampaio Vidal, em frente os Correios. 

Um dos principais nomes do PT em Marília, Rui Albano Barbosa, disse ao JP que o ato segue decisão da direção nacional do partido, que fará o pré-lançamento em junho. "Acho importante movimentar a pré-candidatura do Lua, até porque a maioria dos outros partidos já lançaram os seus candidatos e programam até debates entre eles". 

Rui afirmou que o fato do ex-presidente estar preso naturalmente prejudica uma eventual candidatura dele. "Mas, trata-se de uma prisão meramente política. E o povo quer o Lula presidente, como comprovam as pesquisas". Sobre um possível plano B do PT quanto à candidaturas, ele foi incisivo: "Nosso plano B também é o Lula".

LANÇAMENTO NACIONAL

A pré-candidatura do ex-presidente Lula à Presidência será oficialmente lançada no dia 9 de junho, em Belo Horizonte. Petistas confiam que o petista poderá disputar as eleições.

Uma carta do ex-presidente foi lida em evento organizado pela Confederação Nacional dos Municípios do qual outros presidenciáveis participaram, o PT procura outros partidos para compor a chapa, de forma a tê-la definida até a convenção da legenda no dia 28 de julho. Mas há também a possibilidade de essa definição ser postergada para perto do prazo de registro na Justiça Eleitoral.

“O Lula é o nosso candidato, está legalmente com condições de ser candidato”, diz Gleice Hofmann, presidente nacional do PT, afirmando que no próximo domingo, dia 27, deve haver um “esquenta” com ações em todo o país. “No dia 9 de junho nós vamos lançar a pré-candidatura nacionalmente, vai ser em Belo Horizonte”, disse.

Lula está preso desde o início de abril na sede da Polícia Federal em Curitiba para cumprir pena de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá. De acordo com a Lei da Ficha Limpa, condenados por órgãos colegiados da Justiça, como é o caso do ex-presidente, ficam impedidos de disputar eleições.Gleisi, no entanto, disse haver casos em que candidatos a prefeituras e ao Senado, disputaram as eleições com registro suspenso. Para ela, se Lula for impedido de concorrer, “vai ser mais uma violência contra o Lula, a primeira na Justiça Eleitoral”.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black