FUNDO NACIONAL DA SAÚDE: Marília recebe menos verbas que Vera Cruz e Oriente. E fica com merreca em relação à Bauru e Prudente

July 9, 2018

Marília (235.234 habitantes - Senso IBGE) recebeu menos verbas do Fundo Nacional da Saúde, (FNS - órgão do Governo Federal vinculado ao Ministério da Saúde), este ano, do que cidades pequenas, como Vera Cruz  (10.963 habitantes) e Oriente (6.473 habitantes).

Enquanto Marília recebeu apenas R$ 297 mil de R$ 1.447.770,00 propostos de verbas, Vera Cruz recebeu verba total proposta de R$ 450 mil e Oriente também R$ 450 mil dos R$ 799.933,00 propostos. Echaporã (6.247 moradores) recebeu R$ 350 mil do FNS, dos R$ 450 mil propostos para o Município.

Marília recebeu apenas R$ 97 mi a mais que Borá, o menor município do Estado (839 pessoas).

Em comparação com cidades vizinhas do mesmo porte, o vexame é que, enquanto cidades como Bauru (recebeu quase a totalidade das verbas) e Presidente Prudente (recebeu tudo!) sobre as verbas aportadas pelo referido Fundo, Marília recebeu, de fato, apenas cerca de 20% (R$ 297 mil) do total proposto para a cidade. 

Bauru (371.690 habitantes) recebeu R$ 889.980,00 de R$ 969.970,00 e Presidente Prudente (223.749 moradores) recebeu a totalidade proposta de R$ 899.970,00. A cidade de Bastos (21.073 habitantes), recebeu R$ 1.076.210, dos R$ 1.299. 925,00 propostos para a cidade. 

 

Isso demonstra, na prática, evidente falta de empenho da gestão municipal junto ao Governo Federal, além da ausência de um legítimo representante de Marília na Câmara Federal.

Com a falta desses recursos, que não vieram para Marília, quem sofre e paga por isso é a população, já tanto sacrificada pelos problemas que se acumulam na área da saúde pública. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black