POLÍCIA CIVIL: Sincopol prepara carta de reivindicações para candidatos a governador

September 20, 2018

Presidente do Sincopol, Celso José Pereira

 

O Sincopol (Sindicato dos Policiais Civis do Centro Oeste Paulista) está finalizando uma carta de reivindicações que será entregue na última semana da campanha eleitoral para cada candidato a governador do Estado de São Paulo. A entidade convoca seus filiados a enviarem contribuições para a elaboração final do texto que será fechado no dia 28 de setembro.

Até lá as sugestões dos policiais civis devem ser enviadas para o e-mail sincopol@gmail.com com identificação do autor da proposta. O objetivo da iniciativa é reforçar uma série de propostas que visam resolver as demandas dos policiais civis, principalmente aqueles que trabalham no operacional e fazem as delegacias funcionarem.

O presidente do Sincopol, Celso José Pereira, que representa os policiais civis de mais de 50 cidades abrangidas pelas delegacias seccionais de Tupã, Marília, Ourinhos e Assis, explica que ao todo devem ser elencados 10 pedidos para a categoria. “A estrutura principal destas demandas já estão estabelecidas e são soluções para algumas de nossas necessidades mais urgentes”, afirma o Sindicalista.

Com o recebimento das contribuições dos membros da categoria, o texto final será finalizado após agrupamento de propostas. “O importante é fecharmos uma lista com nossas principais exigências. Entre os problemas que vamos abordar estão a falta crônica de policiais nas delegacia, a defasagem salarial provocada pela inflação e ausência de reajuste e também algumas questões mais específicas”.

A pauta reivindicatória também será composta pelo compromisso de apoio a projetos de lei que envolvem a segurança pública e são de interesse do Sincopol e de toda a sociedade, já tramitando na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Entre elas, a propositura que facilita a contratação de policiais civis aposentados.

Outro tópico da lista envolve adesão dos candidatos ao projeto de lei complementar número 37 de 2018 que prevê uma gratificação extra de 100% do valor base das categorias de escrivão e investigador e demais cargos policiais. Em ambos os casos, apesar da tramitação no Legislativo estadual, os projetos precisam ser “encapados” pelo ocupante do Palácio dos Bandeirantes.

“Esses são apenas alguns dos pontos que já colocamos entre nossas reivindicações. Algumas são bandeiras tradicionais, que já estamos lutando há muitos anos, como o combate ao déficit de pessoal e a defasagem salarial. Outras são lutas mais recentes. Queremos também a contribuição dos policiais para enviar nossa carta aos candidatos”, completa Celso.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black