Desempregado é flagrado com rede, cartuchos, peixes e capivara, em Rosália. Não pagou fiança de R$ 1 mil e acabou preso

September 22, 2018

Um desempregado de 51 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar Ambiental no final da noite desta sexta-feira (21), próximo ao Distrito de Rosália, onde mora.

Os policiais o avistaram transitando em uma motocicleta com traias e decidiram abordá-lo. Encontraram cinco quilos de peixes da espécie curimbatá e 14 quilos de carne fresca de capivara, além de laguns cartuchos calibre 36. 

O sujeito alegou que havia pescado os peixes com rede e encontrado a capivara já morta no rio. Como os peixes da espécie curimbatá estavam fora da medida e o abate de capivara é ilegal, os policiais lavraram um auto infracional contra o desempregado, com aplicação de multa de R$ 7,4 mil.

Conduzido ao Plantão Policial, o acusado recebeu voz de prisão pelo delegado, que estipulou fiança de R$ 1 mil. Como não pagou, o desempregado permaneceu preso para aguardar audiência de custódia. Os peixes e a carene de capivara foram  descartados no aterro sanitário, em Marília. 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black