REGIÃO: garota de 16 anos enforca aula com amigas e morre afogada em lagoa

November 1, 2018

 Uma adolescente de 16 anos morreu afogada, na manhã desta quarta-feira (31), em uma lagoa existente em uma área de Cerrado encravada entre o Parque Manchester e o Instituto Lauro de Souza Lima, em Bauru. Segundo amigos, Fernanda Alves Felisardo não sabia nadar e acabou submergindo ao se afastar da área rasa.

Facebook/Reprodução

A fatalidade ocorreu pouco antes das 12h, no último dia de outubro, que registrou a segunda temperatura mais quente do mês: 33,4 graus, segundo medição do IPMet. Fernanda estava com mais duas amigas, ambas de 11 anos, e uma familiar de 15 anos.

Moradoras do Núcleo Octávio Rasi, todas estudavam na escola estadual Professor Walter Barreto Melchert, mas não foram à aula na manhã desta quarta-feira (31). Elas, inclusive, vestiam calça e levaram o material escolar até o lago. Os nomes não serão divulgados em respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Uma das meninas de 11 anos conta que a outra amiga de mesma idade e Fernanda começaram a brincar juntas na água e não perceberam que estavam se afastando da área rasa da lagoa, cuja profundidade varia em níveis acentuados. "Era a primeira vez que a gente estava vindo para o lago. As duas foram indo cada vez mais para longe e chegou uma hora que não dava mais pé. Então, elas começaram a se afogar", lembra.

A garota mais nova, contudo, conseguiu manter a cabeça fora da água, enquanto Fernanda, sem saber nadar, começou a lutar pela vida. A amiga ainda tentou socorrê-la, assim como um adolescente de 16 anos, morador do Parque Santa Terezinha, que também brincava na lagoa com mais três amigos.

RESGATE

Ele nadou até alcançar as meninas, enquanto outro jovem que estava na margem, de 15 anos, lançou um bambu para tentar resgatá-las. "Foi muito rápido. Chegamos até a achar que elas estavam brincando. Quando ouvimos o pedido de socorro, percebemos que era sério, mas só deu tempo de salvar uma, porque a outra já tinha ficado embaixo d'água", detalha o adolescente de 16 anos.

Desesperado, o grupo acionou a Polícia Militar, que foi ao local, assim como o Corpo de Bombeiros, o Samu e a Polícia Científica. Quatro bombeiros realizaram buscas dentro do lago e, em pouco tempo, localizaram o corpo de Fernanda, já sem vida.

A lagoa em que a jovem morreu é uma das três existentes naquela região, bastante conhecida por suas trilhas e chamada pelos frequentadores de Lago Ness, em referência ao lago escocês de águas turvas e profundas, cuja lenda conta ser habitado por um monstro.

Fernanda era estudante do 9.º ano da Escola Walter Barreto Melchert e morava com mais três irmãos e a mãe, que é manicure, no Núcleo Octávio Rasi. Por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria da Educação do Estado lamentou o ocorrido.

O corpo da adolescente está sendo velado no Velório Municipal e o sepultamento ocorre às 10h30 no Cemitério do Jardim Redentor.

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black