RACHA NO NINHO TUCANO: "Chegou ontem em Marília e vive sambando na cabeça dos integrantes do partido", diz Fogaça, sobre pedido de expulsão do vereador Queiroz

November 7, 2018

 

O diretor da Emdurb e membro do PSDB em Marília, Valdeci Fogaça de Oliveira, protocolou documento na direção estadual do partido, em São Paulo, pedindo a expulsão do vereador José Luiz Queiroz da legenda. O motivo apontado é infidelidade.

"Ele vive sambando na cabeça dos integrantes do partido e não tem respeito pela legenda, pelos companheiros", disse Fogaça ao JP. Ele citou como exemplo de "falta de ética" do vereador o fato dele ter protocolado uma denúncia no Ministério Público Estadual, cobrando a inserção de valores e destino de verbas de multas de trânsito no site da Emdurb.

"Eu já havia informado ele que essa questão está com processo licitatório em andamento, para contratação de um programa específico para inserção desses dados no sistema virtual. Uma questão técnica. Mesmo assim, ele foi ao MP", disse Fogaça.

O presidente da Emdurb afirmou não ser contra a o projeto de lei do vereador. "Somos totalmente a favor da transparência. A questão é a conduta antiética do vereador", explicou. 

Fogaça disse não saber quais os trâmites nem prazos do pedido junto á direção do PSDB. "Uma questão interna".

E relação à eventual expulsão de Queiroz e o destino da cadeira dele na Câmara Municipal, o presidente da Emdurb foi enfático. "Nosso foco não é esse. A questão está centrada na ética, na conduta antidemocrática e desrespeitosa desse cidadão que chegou ontem aqui em Marília e está agindo desta forma, com politicagem e articulações mentirosas. Protocolamos o pedido de expulsão dele com base em artigos do estatuto do partido". 

Citou como exemplo uma enquete postada por Queiroz, no Facebook, com uma enquete sobre se ele deve tentar a reeleição ou ser candidato a prefeito, em 2020? "Mais uma prova de que não respeita o partido, o grupo político ao qual pertence", comentou Fogaça. 

Fogaça afirmou não ter comunicado o presidente local do PSDB, vereador Wilson Damasceno, sobre a decisão de pedir a expulsão de Queiroz. "Respeitamos o Damasceno, que tem história em Marília". O presidente da Câmara é forte aliado de Queiroz, com quem fez dobradinha nas eleições deste ano. Ambos não conseguiram se eleger e há tempos vêm fazendo duras críticas ao prefeito Daniel Alonso (PSDB), além de representação criminal contra o secretário municipal da Fazenda, Levi Gomes, com quem trocam farpas, ataques e insultos. 

 

 Valdeci  Fogaça em frente a sede do PSDB, em São Paulo, após protocolar o pedido de expulsão

do vereador José Luiz Queiroz do partido

 

 

 

 

NOTA DO VEREADOR JOSÉ LUIZ QUEIROZ

"Presidente da Emdurb Marília, filiado ao PSDB, me representa na Executiva Estadual do partido. Motivo: Eu cobro o cumprimento da Lei de Transparência das Multas de trânsito! Eu defendo o interesse público e a população!

Eu confesso que já vi quase tudo, mas mimimi nesse nível é novidade. Só porque o vereador fiscaliza o poder Executivo a cumprir uma lei? Por que o vereador defende os interesses da população e a transparência? É a piada pronta.

E quer minha expulsão do partido. Por brigar pelo cumprimento da lei e lutar pelo interesse público. Hummmmm. Que maravilha. Por ser do mesmo partido não devo fiscalizar?

Eu sei que incomodo, pois fiscalizo pra valer, não de faz de conta. Não me dobro a jeitinho ou benesses. Não tenho cargos, minha total liberdade e autonomia incomodam, eu sei.

Faça-me o favor presidente, há muito trabalho para o senhor fazer! Comece publicando a lei no portal da transparência e pare de mimimi. O interesse público agradece".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black