CALOTES E SUJEIRA: Lixo começa a se acumular pela cidade e situação já caminha para o caos

December 5, 2018

                            Coleta de lixo não passou nesta terça-feira na Zona Oeste da cidade

 

A baderna no sistema da coleta de lixo em Marília vai se complicando e caminhando para o caos, quatro dias após a empresa Monte Azul abandonar o serviços de coleta e 50% do lixo doméstico na cidade. Alegou calotes da Prefeitura, retirou os caminhões da cidade e demitiu cerca de quarenta funcionários.

O secretário municipal do Meio Ambiente e Limpeza Pública, Vanderlei Dolce, já havia declarado, na sessão camarária de segunda-feira (3), que a Prefeitura não tem estrutura humana e material para realizar os trabalhos de coleta em toda a cidade. Faltam servidores e caminhões.

A prova de que a situação já se complicou é que o prefeito Daniel Alonso (PSDB) 

anunciou um "cronograma emergencial" para o setor, reduzindo dias de coleta de lixo.

Enquanto isso, sacos de lixo começam a se amontoar na área central e em diversos bairros, como na Zona Sul e na Zona Oeste da cidade. 

 

 

                                            Lixo sem coleta na Zona Sul (com buraco na rua)

 

 

 

 

                                                   Lixo acumulado também na área central de Marília

 

                Prefeito Daniel deu calotes e empresa Monte Azul abandonou a coleta de lixo em Marília

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

WHATSAPP DO JORNAL DO POVO PARA ENVIO DE SUGESTÕES, FOTOS OU VÍDEOS
99797-5612 
99797-3003
Siga "JP POVO"
  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Google+ Basic Black